11:58 20 Janeiro 2020
Ouvir Rádio
    Mundo
    URL curta
    0 50
    Nos siga no

    Em sua tradicional mensagem natalina Urbi et Orbi (à cidade e ao mundo), o Papa Francisco declarou ao mundo da sacada da Basílica de São Pedro, diante de milhares de fieis que ocupavam a praça e adjacências, que “Cristo nasceu para nós, exultemos no dia da nossa salvação!” Em sua fala, ele, porém, lembrou dos conflitos pelo planeta.

    “Onde nasce Deus, nasce a esperança, nasce a paz e floresce a misericórdia… Ao contemplar o presépio, fixemos o olhar nos braços abertos de Jesus, que mostram o abraço misericordioso do Menino que nos sussurra: A paz esteja contigo!”, afirmou o Papa Francisco.

    O Pontífice lamentou que justamente na região onde Jesus nasceu, os conflitos sejam muitos. Ele demonstrou o desejo de um diálogo e de um acordo entre palestinos e israelenses para que os povos de ambos os países possam “viver em harmonia” e orou a Deus para que o “entendimento alcançado na ONU consiga quanto antes silenciar o fragor das armas na Síria”.

    Feliz Natal!
    © Sputnik / Vitaly Podvitsky
    Os problemas na Líbia, no Iraque, no Egito, no Iêmen e na África Subsaariana também estiveram na mensagem papal. O Santo Padre pediu que as atenções do mundo se concentrem nestes países, clamou por vontade para o cumprimento dos acordos na Ucrânia e ainda manifestou o desejo de um diálogo maior no Congo, Burundi e Sudão do Sul. Francisco ainda recordou os recentes atentados terroristas em Beirute, Paris, Bamaco, Túnis e a um avião russo nos céus egípcios.

    O Ano da Misericórdia, aberto em 8 de dezembro, também esteve na mensagem Urbi et Orbi. O Papa Francisco destacou que esta é o presente mais precioso que Deus nos dá, pediu aos homens para serem mais misericordiosos e orou para que o “Senhor conceda, particularmente aos encarcerados, experimentar o seu amor que cura as feridas e vence o mal”.

    Ouça a íntegra da mensagem Urbi et Orbi em português publicada pela Rádio Vaticano.

    Mais:

    Papa Francisco autoriza a canonização de Madre Teresa de Calcutá
    Papa vai à zona de conflito para afirmar que cristãos e muçulmanos são irmãos
    Tags:
    misericórdia, mensagem, paz, Basílica de São Pedro, Urbi at Orbi, Ano da Misericórdia, Natal, Nações Unidas, Igreja Católica, ONU, Jesus Cristo, Papa Francisco, Bamaco, África Subsaariana, Congo, Burundi, Túnis, Sudão do Sul, Palestina, Líbia, Vaticano, Iêmen, Egito, Iraque, Síria, Israel, Paris, Ucrânia
    Padrões da comunidadeDiscussão
    Comentar no FacebookComentar na Sputnik
    • Comentar