13:55 26 Setembro 2021
Ouvir Rádio
    Mundo
    URL curta
    0218
    Nos siga no

    A Turquia reposicionou algumas de suas forças ilegalmente implantadas no norte do Iraque, segundo confirmou o porta-voz da Operação “Solução Inerente”, missão dos EUA que apoia as forças iraquianas e os peshmerga curdos na luta contra o Daesh, também conhecido como Estado Islâmico.

    "Vimos alguns reposicionamentos", declarou o coronel Steven Warren em briefing nesta terça-feira (22). "Mais uma vez, eu não vou realmente entrar em detalhes sobre isso", acrescentou o porta-voz da missão norte-americana.

    Em 4 de dezembro, a Turquia enviou tropas e veículos blindados para o acampamento de Bashiqa, perto da cidade de Mosul, no norte do Iraque, sem a permissão de Bagdá.

    Ancara afirma que a medida foi tomada para proteger os funcionários turcos que estão treinando as milícias locais no Iraque no contexto da luta contra o Daesh, grupo terrorista ilegal em muitos países, incluindo a Rússia.

    O caso gerou tensões entre Bagdá e Ancara. O Iraque apresentou oficialmente uma queixa junto ao Conselho de Segurança da ONU, pedindo às Nações Unidas a garantia de uma retirada imediata das forças turcas do país.

    No sábado (19), o Ministério das Relações Exteriores da Turquia anunciou que Ancara iria continuar a retirada de suas tropas da base de Bashiqa.

    Mais:

    Turquia ‘prova’ necessidade de presença militar no Iraque
    Iraque confirma que 10 soldados morreram em ataques aéreos dos EUA
    Chefe do Pentágono faz visita surpresa ao Iraque
    Tags:
    EUA, Iraque, Turquia, Bagdá, Ancara, Rússia, Steven Warren, Daesh, Estado Islâmico, Conselho de Segurança da ONU, Operação Solução Inerente, coalizão, peshmerga, forças armadas, tropas, blindados, tropas turcas, invasão
    Padrões da comunidadeDiscussão
    Comentar na SputnikComentar no Facebook
    • Comentar