12:27 18 Agosto 2019
Ouvir Rádio
    Eleitores votam nas eleições parlamentares na Espanha, Barcelona, 20 de dezembro de 2015

    Partido no poder vence eleições parlamentares na Espanha

    © Sputnik / Maria Sibiryakova
    Mundo
    URL curta
    0 32

    O Partido Popular da Espanha perdeu a maioria absoluta na câmara baixa, obtendo 123 assentos no parlamento espanhol em resultado das eleições parlamentares.

    Manifestação pró-independência em Barcelona, Espanha, 25 de setembro de 2015
    © AP Photo / Emilio Morenatti
    Neste domingo (20) a Espanha elegeu 350 deputados do Congresso (câmara baixa do parlamento espanhol) e uma parte de senadores (208 de 266).

    Segundo os resultados das eleições mais recentes, 28,72% dos eleitores votaram pelo Partido Popular. Entretanto, o partido no poder perdeu a maioria absoluta no Congresso espanhol (até agora tinha 187 assentos).

    O Partido Socialista Operário Espanhol, liderado por Pedro Sánchez, ocupou o segundo lugar nas eleições recolhendo 90 assentos (cerca de 20%). O Partido Podemos, encabeçado por Pablo Iglesias, recolheu 20% dos votos e agora terá 69 deputados no parlamento. O partido de centro-direita Cidadãos, liderado por Albert Rivera, que promove a permanência da Catalunha no Estado espanhol, recebeu 40 assentos (13,9% dos votos).

    Além destes partidos, ficarão representados no parlamento mais 6 partidos: Esquerda Republicana da Catalunha (9 assentos), Democracia e Liberdade (8 assentos), encabeçado por Artur Mas, presidente interino do governo da Catalunha), Partido Nacionalista Basco (6 assentos), coalizão de extrema-esquerda Unidade Popular (2 assentos), partido basco Bildu (2 assentos) e Coalizão Canária (1 assento).

    A composição do gabinete de ministros dependerá das coalizões que os partidos representados no parlamento conseguirão formar. O primeiro-ministro atual da Espanha, Mariano Rajoy, já declarou que está disposto formar governo pela estabilidade no país.

    Quanto às eleições de senadores, o Partido Popular obteve 124 assentos no Senado, preservando a maioria absoluta. Esta situação dá ao partido a possibilidade de bloquear decisões da câmara baixa.

    A abstenção nas eleições foi de 27%, 4 por cento menos que nas últimas eleições de 2011.

    Tags:
    vitória, parlamento, maioria, eleições parlamentares, Espanha
    Padrões da comunidadeDiscussão
    Comentar no FacebookComentar na Sputnik
    • Comentar