09:53 13 Agosto 2020
Ouvir Rádio
    Mundo
    URL curta
    47752
    Nos siga no

    Rússia considera a modernização das suas armas nucleares como um fator de dissuasão e segurança, disse o presidente russo, Vladimir Putin, em um documentário exibido domingo.

    As armas nucleares táticas dos EUA na Europa representam uma maior ameaça para a Rússia do que as da Rússia para os Estados Unidos, disse Vladimir Putin no documentário exibido no canal de televisão Rossiya.

    "Os Estados Unidos têm instalado as suas armas nucleares na Europa desde o fim da Segunda Guerra Mundial, depois de se tornarem uma potência nuclear. Neste momento, os americanos estão atualizando as suas armas nucleares na Europa."

    "Isso é uma coisa perigosa, claro. Porquê? Porque as nossas armas táticas não alcançam o território dos EUA, enquanto as armas nucleares americanas na Europa podem alcançar o nosso, o que as torna estratégicas e representa um risco maior para nós do que os nossos mísseis estratégicos representam para a América," acrescentou Putin.

    "A tríade nuclear é a base da nossa política de segurança nuclear, mas nós nunca brandimos e nunca vamos brandir esse bastão nuclear, embora seja um elemento importante da nossa doutrina militar".

    Putin disse que espera que não haja uma nova guerra mundial, uma vez que esta resultaria em uma catástrofe em escala global.

    "Eu quero acreditar que não há nenhum louco na Terra que decida usar armas nucleares", acrescentou Putin.

    Mais:

    Putin: Moscou está pronta para cooperar tanto com Assad, como com EUA
    New York Post: EUA se rendem a Vladimir Putin na questão síria
    Opinião: Entrevista de Putin mostrou protagonismo da Rússia no cenário global
    Grande coletiva: os momentos mais marcantes e provocativos de Putin
    Tags:
    armas nucleares, Vladimir Putin, EUA, Rússia
    Padrões da comunidadeDiscussão
    Comentar na SputnikComentar no Facebook
    • Comentar