00:35 23 Maio 2018
Ouvir Rádio
    Caça F-15E Strike Eagle da Força Aérea americana

    Parlamentar denuncia morte de soldados iraquianos após ataque aéreo dos EUA

    © REUTERS / Força Aérea dos EUA
    Mundo
    URL curta
    33622

    Um parlamentar iraquiano informou que pelo menos 30 soldados do exército do Iraque morreram na sequência de um ataque da Força Aérea dos EUA e pelo menos mais 20 foram feridos.

    “30 soldados iraquianos da 55ª brigada do exército do iraque morreram e mais 20 foram feridos na sequência do ataque aéreo da aviação americana contar a cidade de al-Naimiyana província de Falluja”, diz-se em um comunicado de Hakim al-Zamili, chefe do comitê de segurança e defesa do parlamento iraquiano, a que a Sputnik teve acesso.  

    O número de vítimas mortais pode crescer devido ao grande número de feridos, disse o parlamentar à Sputnik.

    Al-Zamili manifestou ter exigido “que o premiê inicie uma investigação inadiável do ataque aéreo contra a 55ª brigada que anteriormente teve muito sucesso na luta contra o Daesh [também conhecido como ‘Estado Islâmico’] nesta área”.

    “Iremos processá-los [os americanos] por este crime, haverá processo penal”, disse.

    A organização terrorista Daesh (proibida na Rússia e reconhecida como terrorista pelo Brasil) autoproclamou-se "califado mundial" em 29 de junho de 2014, tornando-se imediatamente uma ameaça explícita à comunidade internacional e sendo reconhecida como a ameaça principal por vários países e organismos internacionais. Porém, o grupo terrorista tem suas origens ainda em 1999, quando o jihadista da tendência salafita jordaniano Abu Musab al-Zarqawi fundou o grupo Jamaat al-Tawhid wal-Jihad. Depois da invasão norte-americana no Iraque em 2003, esta organização começou a fortalecer-se, até transformar-se, em 2006, no Estado Islâmico do Iraque. A ameaça representada por esta entidade foi reconhecida pelos serviços secretos dos EUA ainda naquela altura, mas reconhecida secretamente, e nada foi feito para contê-la. Como resultado, surgiu em 2013 o Estado Islâmico do Iraque e do Levante, que agora abrange territórios no Iraque e na Síria, mantendo a instabilidade e fomentando conflitos.

    Tags:
    Força Aérea, Iraque, EUA
    Padrões da comunidadeDiscussão
    Comentar no FacebookComentar na Sputnik