12:46 24 Setembro 2018
Ouvir Rádio
    Presidente da Síria Bashar Assad

    Assad: dentro de um ano, Daesh pode ser derrubado

    © AFP 2018 / LOUAI BESHARA
    Mundo
    URL curta
    17221

    O grupo terrorista Daesh pode ser derrubado em menos de um ano se os EUA e os seus aliados pararem de apoiar a aos militantes rebeldes, disse presidente sírio Bashar Assad.

    O Daesh (Estado Islâmico) pode ser derrubado dentro de um ano se os EUA e os seus aliados deixarem rebeldes antigovernamentais na Síria, disse o presidente sírio em entrevista ao canal televisivo holandês NPO2.

    Os EUA têm financiado e apoiado rebeldes antigovernamentais, inclusive os que não lutam contra o Daesh e assim prejudicam o exército sírio.

    “Se os países responsabilizados tomarem medidas contra o fluxo e circulação dos terroristas e a ajuda logística posso assegurar que levará menos de um ano”, disse Assad.

    Assad afirmou também que não é possível derrubar o terrorismo sem tropas terrestres e apoio público que ele tem na Síria.

    “Menos de um ano. Mas o problema é que ainda apoiam-nos de modo quotidiano cada vez mais para que [a situação] se torne mais desordenada e para por obstáculos em frente de qualquer solução porque querem a solução, que eles chamam de solução política, que no final das contas consiste em mudar este país, se livrar do presidente ou derrubá-lo e assim por diante. Assim, é por isso que vai continuar para sempre”, acrescentou Assad.

    Segundo o presidente sírio, o fato de que países prestam esforços par combater ao Daesh não significa que se tornam aliados da Síria como a Rússia e o Irão. Ao invés destes dois países outros não prestaram ajuda à Síria quando lutava contra o grupo terrorista menos organizado, a Frente al-Nusra.

    Tags:
    entrevista, regime, terrorismo, Daesh, Bashar Assad, EUA, Síria
    Padrões da comunidadeDiscussão
    Comentar no FacebookComentar na Sputnik