08:30 29 Outubro 2020
Ouvir Rádio
    Mundo
    URL curta
    25123
    Nos siga no

    O Estado Islâmico roubou cerca de 50 milhões de barris de petróleo sírio durante os quatro anos de guerra civil no país, disse o serviço de imprensa do Ministério do Petróleo e Recursos Minerais sírio na sexta-feira (11).

    De acordo com o serviço de imprensa, os grupos terroristas controlam diversas jazidas de petróleo nas províncias de Raqqa, Homs, Al-Hasakah e Deir ez-Zor do país, acrescentando que a maioria destas jazidas está localizada no território ocupado pelo Estado Islâmico (também conhecido como Daesh).

    «O montante total do petróleo roubado desde o início da crise até novembro de 2015, alcançou… 48 milhões de barris," o serviço de imprensa disse à RIA Novosti.

    Segundo o ministério, a Síria perdeu cerca de 46 bilhões de dólares de receitas de petróleo durante a crise.

    De acordo com o Ministério da Defesa russo, o EI obtém anualmente cerca de 2 bilhões de dólares com a venda de petróleo a partir dos territórios ocupados, sendo estes fundos utilizados na contratação de militantes de todo o mundo e na compra de armas para os  equipar.

    Mais:

    Daesh substitui contrabando de petróleo por drogas
    Jihad torna-se macia: algodão é a nova fonte de renda do Daesh
    Iraque: Daesh contrabandeia todo o petróleo através da Turquia
    Tags:
    petróleo, Daesh, Síria
    Padrões da comunidadeDiscussão
    Comentar na SputnikComentar no Facebook
    • Comentar