01:26 25 Fevereiro 2020
Ouvir Rádio
    Mundo
    URL curta
    7681
    Nos siga no

    De acordo com uma pesquisa de opinião pública realizada recentemente pela agência sérvia Faktor Plus, os cidadãos da Sérvia consideram a Rússia como seu aliado político, e têm relação muito cética em relação à UE e EUA.

    O ex-vice-premiê sérvio e líder do Partido Popular Sérvio Nenad Popovic declarou, em entrevista à Sputnik, que não está surpreendido com o resultado. O político sublinhou que os cidadãos sérvios sabem que a Rússia sempre apoiava a Sérvia nos tempos difíceis, e é a razão para tal resultado da pesquisa.

    “A Rússia entrou na Primeira Guerra Mundial por causa da Sérvia, durante a Segunda Guerra Mundial os sérvios e russos lutaram juntos contra o fascismo, o Exército Vermelho libertou Belgrado”, disse Popovic. 

    O político sérvio também se lembrou dos tempos da República Socialista Federativa da Iugoslávia, quando a Rússia prestava apoio sério econômico:

    “Eles nos apoiaram também nas guerras dos anos 1990, e foram conosco durante bombardeios da OTAN. E agora a Rússia oferece o maior apoio à Sérvia para proteger os interesses estatais e nacionais muito importantes, preveniu a tomada da resolução britânica sobre Srebrenica, que considerava os sérvios como um povo genocida, e ajudou a prevenir a entrada do Kosovo à UNESCO”.

    Os resultados da pesquisa mostraram que a maior contribuição no fortalecimento das relações russo-sérvias é a do premiê da Sérvia, Aleksandar Vucic. Na lista feita pela Faktor Plus, ele é seguido pelo presidente sérvio, Tomislav Nikolic, o chanceler Ivica Dacic e o próprio Nenad Popovic.

    Depois de publicação da lista Popovic agradeceu cidadãos pelo apoio e sublinhou a necessidade de introduzir na Sérvia a política bem-equilibrada:

    “Mesmo ficando na oposição, critico o governo e o premiê por muitas questões, mas na da política equilibrada sou solidário com eles. Esta é a política corajosa e a única certa para a Sérvia”.

    O entrevistado fundamenta a sua opinião na ausência da necessidade de tomar decisões. E a razão para isso é o fato de que os sérvios já as tomaram – “estão a favor de boas relações com todos, inclusive o Ocidente e a Rússia”.

    Popovic disse que está convencido de que a política destes beneficiará a Sérvia, especialmente o desenvolvimento econômico, porque o potencial de cooperação econômica com a Rússia é muito alto.

    Presidente russo Vladimir Putin participou do Clube de Valdai de Discussões Internacionais, 22 de outubro de 2015
    © Sputnik / Aleksei Drujinin
    Segundo o político sérvio, após a chegada de Vladimir Putin ao poder na Rússia o país se tornou um símbolo de um grande Estado, com a economia excepcional e potencial alto. Este é especialmente notado no Ocidente e por que eles veem o mercado russo como uma prioridade. Recentemente a China também partilha desta opinião, disse.

    Popovic sublinhou que a sua partida para a Rússia (onde tem um negócio) na época em que muitos deixaram o país saindo para o Ocidente provocou grande surpresa. Mas agora a situação mudou e a maioria dos estrangeiros que trabalham na Rússia chegou dos EUA e dos Estados-membros da União Europeia, opinou.

    Tags:
    entrevista, Sérvia, Rússia
    Padrões da comunidadeDiscussão
    Comentar na SputnikComentar no Facebook
    • Comentar