05:47 14 Novembro 2019
Ouvir Rádio
    A escola em Peshawar ficou banhada de sangue após o ataque terrorista que matou 141 pessoas.

    Paquistão executa autores de atentado que matou 150 pessoas em escola

    © AP Photo / B.K. Bangash
    Mundo
    URL curta
    392
    Nos siga no

    O Paquistão cumpriu nesta quarta-feira (2) a sentença de morte de quatro condenados pelo atentado a uma escola em Peshawar no ano passado. Eles foram enforcados em uma prisão na província de Khyber Pakhtunkhwa. Na segunda-feira (30), o Exército autorizou a execução.

    Uma corte especial antiterrorista, criada após o massacre, determinou a morte dos quatro terroristas. Outros dois também foram sentenciados à morte. Todos fazem parte do Tawhid al-Jihad, aliado do Tehrik-i-Taliban Pakistan, o Talibã do Paquistão.

    Em 16 de dezembro de 2016, militantes invadiram uma escola em Peshawar e mataram 141 pessoas, 132 eram crianças ou adolescentes. O atentado motivou o fim da moratória à pena de morte imposta no país. Depois disso, mais de 300 criminosos foram executados.

    Tags:
    pena de morte, enforcamento, execução, mortes, ataque, escola, atentado, Talibã paquistanês, Talibã, Peshawar, Paquistão
    Padrões da comunidadeDiscussão
    Comentar no FacebookComentar na Sputnik
    • Comentar