08:53 15 Outubro 2019
Ouvir Rádio
    Ucrânia afirma que não pode restabelecer fornecimento de energia para a Crimeia porque extremistas impedem reparos em torres de transmissão elétrica

    Ucrânia estabiliza rede energética, mas mantém Crimeia no escuro

    © Sputnik / Sergey Malgavko
    Mundo
    URL curta
    6015
    Nos siga no

    As autoridades da Ucrânia já estabilizaram a grade de energia do país, após as explosões provocadas por grupos extremistas ucranianos que destruíram várias torres de transmissão elétrica no último final de semana, segundo informou hoje o ministro da Energia, Volodymyr Demchyshyn.

    Em razão da sabotagem ultranacionalista, a Crimeia, que importa eletricidade da Ucrânia, foi deixada completamente sem energia, assim como certas áreas do território ucraniano. Embora Kiev já tenha encontrado uma solução para essas outras regiões, a península russa permanece na escuridão.

    "No momento, a pressão sobre as usinas nucleares foi reduzida, pois houve uma substituição por hidro e geração de calor. Estamos queimando um pouco mais de carvão… Mas, no curso dos últimos cinco dias, estabilizamos o sistema", afirmou Demchyshyn em discurso no parlamento ucraniano. 

    De acordo com o ministro, seis equipes técnicas foram enviadas para as instalações destruídas pelos ultranacionalistas para realizar os devidos reparos nos sistemas de transmissão elétrica, mas grupos extremistas permanecem nos locais, impedindo o acesso tanto dos especialistas como da polícia. 

    Nesta sexta-feira, o porta-voz do governo russo, Dmitry Peskov, disse que Moscou lamenta profundamente o fato de que a Ucrânia não tenha restabelecido ainda o fornecimento de energia para a Crimeia.

    "Eu posso expressar um profundo desgosto e, provavelmente, indignação pelo fato de que o fornecimento da energia elétrica contratada pela Crimeia russa ainda não foi restabelecido". 

    Mais:

    Rússia envia 300 geradores de luz à Crimeia após bloqueio ucraniano
    Apagão na Crimeia é ato criminoso, diz Alemanha
    Explosão na Ucrânia causa apagão na Crimeia
    Tags:
    ultranacionalista, extremistas, eletricidade, energia, carvão, Volodymyr Demchyshyn, Dmitry Peskov, Moscou, Kiev, Crimeia, Ucrânia, Rússia
    Padrões da comunidadeDiscussão
    Comentar no FacebookComentar na Sputnik
    • Comentar