03:55 24 Setembro 2017
Ouvir Rádio
    Presidente de Francia, François Hollande y presidente de Rusia, Vladímir Putin

    Putin e Hollande determinados a punir autores de atentados contra seus cidadãos

    © AFP 2017/ Sergei Chirikov / Pool
    Mundo
    URL curta
    102217214

    O presidente russo, Vladimir Putin, e o presidente francês, François Hollande, comentaram seu encontro para debater os esforços antiterroristas.

    O presidente francês, François Hollande, encontrou-se com o presidente russo, Vladimir Putin, nesta quinta-feira, em Moscou, para discutir esforços antiterrorismo, com atenções voltadas principalmente para a coordenação de atividades internacionais contra o Estado Islâmico.

    Segundo Hollande, França e Rússia decidiram compartilhar inteligência para lutar contra militantes do Estado Islâmico. O presidente francês declarou que a Rússia representa um dos mais importantes papéis do processo político por paz na Síria.Putin também apontou que as conversas foram construtivas.

    Sobre os esforços contra o Estado Islâmico

    "Aqueles que usam dois pesos e duas medidas contra terroristas, utilizando-se deles para alcanças seus objetivos políticos, estão brincando com fogo", disse Putin ao fim de sua conversa com o presidente francês.

    Segundo Hollande, França e Rússia decidiram compartilhar inteligência para lutar contra militantes do Estado Islâmico. O presidente francês declarou que a Rússia
    representa um dos mais importantes papéis do processo político por paz na Síria.

    "Desde 2011, o caos chegou à Síria e causou uma onda de refugiados, matando mais de 300 mil pessoas, então agora é preciso encontrar uma solução política para a crise. Há condições exigidas para isto e precisamos aceitá-las. Deve ser um governo de coalizão, independente, durante o período de transição; e esse período de transição deve levar à adoção de uma nova constituição e de eleições com a participação de todos grupos e facções políticas", disse Hollande.

    Para o presidente francês, a terceira condição seria "é claro, Assad não deve ter nenhum papel no futuro desse país."

    Putin também questionou o quanto as autoridades turcas sabem sobre o transporte de petróleo da Síria até a Turquia por parte do Estado Islâmico. Hollande, por sua vez, afirmou que as fontes de receita do EI devem ser danificadas.

    "É preciso atingir os centros de treinamento do Estado Islâmico, mas o principal é atingir as fontes de receita, principalmente petróleo. Essa é a principal fonte de receitas do Estado Islâmico."

    Sobre a Ucrânia

    Hollande afirmou que concordou em trocar informações contra o presidente russo sobre a situação no leste da Ucrânia.

    "Também concordamos co m o Sr. Putin em trocar informações sobre outros temas importantes, inclusive sobre o que está acontecendo no leste da Ucrânia. Continuaremos a trabalhar no formato do Quarteto da Normandia."

    O líder francês ressaltou a necessidade de "implementar completamente todas as medidas" detalhadas nos Acordos de Minsk.

    Sobre a queda do voo A321

    A França também ofereceu ajuda na investigação da queda do avião A321.

    "Pessoalmente, disse novamente ao Sr. Putin que ele pode contar com mau apoio após o terrível ataque terrorista que foi o ataque contra o avião russo sobre a Península do Sinai, que causou mais de 220 vítimas."

    Rússia e França foram alvos recentes de ataques terroristas realizador por militantes do Estado Islâmico. O grupo terrorista assumiu a autoria da explosão a bordo do avião de passageiros russo A321, no dia 31 de outubro, e também de uma série de ataques em Paris, em 13 de novembro.

    Mais:

    Putin: Rússia está pronta para cooperar com França na luta contra o mal comum
    Rússia e França criam sua própria aliança na Síria, deixando EUA a parte
    Hollande: França usará porta-aviões para causar danos máximos ao Estado Islâmico
    França coopera oficialmente com a Rússia na Síria
    Hollande manda França aumentar intensidade de ataques contra Estado Islâmico
    Tags:
    atentados, cooperação, terrorismo, Estado Islâmico, François Hollande, Vladimir Putin, Rússia, França
    Padrões da comunidadeDiscussão
    Comentar no FacebookComentar na Sputnik