02:39 26 Setembro 2017
Ouvir Rádio
    Piloto salvo do Su-24, Konstantin Murakhtin, (ao centro de costas) fala com jornalistas na base áerea de Hmeymim, Lataquia, Síria, 25 de novembro de 2015

    Descobertos detalhes da operação de resgate do copiloto do Su-24

    © Sputnik/ Dmitry Vinogradov
    Mundo
    URL curta
    Turquia abate bombardeiro russo na Síria (115)
    83586201

    Alguns efetivos das forças especiais da Síria que participaram da operação de resgate do copiloto do Su-24, foram feridos, informou a RIA Novosti citando uma fonte que está a par de detalhes da operação.

    Segundo o ministro da Defesa russo Sergei Shoigu, a operação durou 12 horas e resultou em salvamento do copiloto sobrevivente do Su-24 que tinha sido abatido no céu da Síria por um caça turco F-16.

    "Três soldados de uma unidade das forças especiais sírias que protegiam a equipe de resgate russa foram ligeiramente feridos. Na segunda unidade dois [soldados] foram gravemente feridos", disse a fonte acrescentando que não tem informações sobre a terceira unidade que também participou da operação.

    A fonte destacou que unidades das forças especiais sírias protegiam a equipe de resgate russa. Um dos fuzileiros navais russos foi morto durante a operação, de acordo com o Estado-Maior russo.

    Nesta terça-feira (24), um bombardeiro russo Su-24 foi derrubado por um míssil ar-ar turco em espaço aéreo sírio. Os dois pilotos do avião conseguiram se ejetar antes de o avião cair. Um dos pilotos foi ferido quando descia de paraquedas e foi morto por islamistas. O copiloto foi salvo e enviado para a base de Hmeymim.

    Ancara declara que derrubou o avião russo porque ele violou o espaço aéreo turco mas o Ministério da Defesa da Rússia sublinha que durante todo o voo o avião se manteve sempre sobre o território da Síria. "Isto foi registrado por meios de controle objetivos", acrescentou o departamento militar. O presidente russo Vladimir Putin chamou ao abate do avião "golpe nas costas" por parte dos coniventes com o terrorismo.

    Tema:
    Turquia abate bombardeiro russo na Síria (115)
    Tags:
    operação, copiloto, resgate, Síria, Rússia, Turquia
    Padrões da comunidadeDiscussão
    Comentar no FacebookComentar na Sputnik