15:13 22 Novembro 2019
Ouvir Rádio
    OTAN

    Qual será a reação da OTAN ao abate do avião russo?

    © flickr.com/ Medien Bundeswehr
    Mundo
    URL curta
    Turquia abate bombardeiro russo na Síria (115)
    53825
    Nos siga no

    Um bombardeiro russo Su-24 foi abatido na Síria. OTAN pretende discutir este incidente. Especialista Ergün Babahan opina que a Turquia não conseguirá impor a sua vontade à Aliança.

    O Conselho da OTAN no nível de representantes permanentes irá se reunir hoje em Bruxelas às 17h (14h do horário de Brasília) a pedido da Turquia. Qual será a reação oficial da Aliança? Ergün Babahan, antigo editor-chefe do jornal nacional turco Sabah, comenta a situação:

    “Neste incidente, a Turquia não é um lado-vítima e por isso não pode contar com o 5º artigo dos Estatutos da OTAN [sobre defesa comum]. A Turquia é o lado que derrubou o avião. Por isso não acho que ela possa fazer passar os seus planos no Conselho da Aliança. Sabe-se que, neste momento, ela tenta de todas as maneiras impedir que os territórios do norte da Síria sejam controlados por forças curdas. A Turquia tenta criar na Síria através de sunitas um trecho controlado por ela de 100 quilômetros de comprimento.

    Nos EUA e na UE, a atitude em relação aos planos turcos de criação de uma zona de exclusão aérea é bastante fria. Está claro que eles não pretendem enviar os seus soldados para essa zona, porque a zona de exclusão aérea pode custar bilhões de dólares por mês.

    Por outro lado, as Forças Armadas russas estão na Síria sob pedido do governo legítimo de Assad, o que é absolutamente legítimo do ponto de vista do direito internacional.

    Por isso, o Conselho da OTAN não irá manifestar-se em favor de criação de uma zona de exclusão aérea, provavelmente irá tentar pressionar a Turquia no sentido de uma cooperação mais construtiva com a Rússia e a República Árabe da Síria”.    

    Nesta terça-feira (24), um caça russo Su-24 foi abatido na Síria. O presidente Vladimir Putin declarou que o avião foi abatido por um míssil "ar-ar" disparado de um avião turco F-16, tendo o avião caído em território sírio, a quatro quilômetros da fronteira com a Turquia.

    Bombardeiro tático Su-24M
    © Sputnik /
    Bombardeiro tático Su-24M

    Tema:
    Turquia abate bombardeiro russo na Síria (115)
    Tags:
    avião, aviação, Su-24, OTAN, Síria, Rússia, Turquia
    Padrões da comunidadeDiscussão
    Comentar no FacebookComentar na Sputnik
    • Comentar