13:47 18 Junho 2019
Ouvir Rádio
    O chanceler russo, Sergei Lavrov, durante conversa com jornalistas

    Moscou propõe sistema igualitário e indivisível de segurança euro-atlântica

    © Sputnik / Iliya Pitalev
    Mundo
    URL curta
    142

    A ideia de criar um sistema coletivo de segurança euro-atlântica que seja baseado na igualdade ainda é pertinente, segundo afirmou o chanceler russo, Sergei Lavrov, nesta quinta-feira (19).

    "Eu mencionei 1954, quando foi proposto um tratado pan-europeu sobre segurança coletiva, e em 2008, acredito, nós renovamos a nossa iniciativa, atualizando-a para refletir as realidades atuais, e sugerimos um tratado sobre segurança euro-atlântica que incluiria não só o continente europeu, mas também a América do Norte", disse Lavrov à Rádio Rossii.

    "Os princípios em que [essa proposta] é baseada – os princípios para garantir uma segurança igualitária, indivisível, quando nenhum Estado garantiria a sua segurança em detrimento da de outros – são altamente relevantes. Além disso, eles estão descritos nas declarações políticas do Conselho Rússia-OTAN [Organização do Tratado do Atlântico Norte] e da OSCE [Organização para a Segurança e Cooperação na Europa]”, pontuou o ministro russo.

    Mais:

    Navios russos vão garantir segurança de porta-aviões francês contra o Estado Islâmico
    Teerã disposta a cooperar com a Rússia na área da segurança
    Sistema de segurança russo é colocado em alerta máximo
    Tags:
    igualdade, princípios, tratado, segurança euro-atlântica, segurança coletiva, tratado pan-europeu, Organização para a Segurança e Cooperação na Europa, OSCE, Conselho Rússia-OTAN, Sergei Lavrov, EUA, América do Norte, Estados Unidos, Europa, Rússia, Moscou
    Padrões da comunidadeDiscussão
    Comentar no FacebookComentar na Sputnik
    • Comentar