16:13 12 Dezembro 2019
Ouvir Rádio
    O presidente turco, Recep Tayyip Erdogan, cumprimenta o presidente russo, Vladimir Putin, durante a cerimônia da inauguração da cúpula do G20 na Turquia em 15 de novembro de 2015, em Antália

    Presidentes da Rússia e Turquia discutem Corrente Turca

    © AFP 2019 / CEM OKSUZ
    Mundo
    URL curta
    881
    Nos siga no

    O Conselho da Cooperação russo-turco de alto nível se reunirá na Rússia em 15 de dezembro. Isso foi acordado pelos presidentes dos países às margens da cúpula do G20 em Antália.

    Ainda em outubro o embaixador turco para a Rússia afirmou que Recep Tayyip Erdogan planejava se encontrar com Vladimir Putin nos finais de dezembro. 

    O encontro dos líderes se realizou no hotel Regnum, com caráter fechado, e durou cerca de uma hora. Além dos presidentes, estavam presentes os chanceleres Sergei Lavrov e Feridun Sinirlioğlu, o ministro da Energia turco Ali Rıza Alaboyun e o chefe da inteligência turca Hakan Fidan.

    Na segunda-feira (16) o ministro russo da Energia Aleksandr Novak frisou que os prazos de assinatura do acordo sobre o gasoduto Corrente Turca está dependente do texto, acrescentando que o processo da coordenação não deve durar por muito tempo, mas há poucas chances de que seja finalizado até dezembro. 

    ”Com certeza, este tema foi abordado em ambas as intervenções [de Putin e Erdogan]. Assim que o governo for formado, os trabalhos para realizar os acordos intergovernamentais continuarão”, disse Aleksandr Novak.

    O ministro também destacou que a Rússia e a Turquia não discutiram possíveis descontos no preço do gás russo.

    A Corrente Turca, gasoduto que deve ligar a Rússia à Turquia através do Mar Negro. Embora se tenha planejado iniciar a construção em Junho deste ano, o projeto segue na etapa de discussão.

    Mais:

    Ex-ministro do Syriza acusa UE de tentar impedir o gasoduto Corrente Turca
    Ações russas na Síria não deverão afetar relações com Turquia
    Tags:
    Corrente Turca, Cúpula do G20, Aleksandr Novak, Recep Tayyip Erdogan, Vladimir Putin, Turquia, Antália
    Padrões da comunidadeDiscussão
    Comentar no FacebookComentar na Sputnik
    • Comentar