15:03 23 Setembro 2018
Ouvir Rádio
    Patrulha militar francesa perto da Torre Eiffel no dia após uma série de ataques mortais em Paris, 14 de novembro, 2015

    Dois terroristas de Paris eram adolescentes

    © REUTERS / Yves Herman
    Mundo
    URL curta
    Capital francesa sofre pior atentado da história (68)
    304

    Dois adolescentes de 15-18 anos estavam entre os terroristas autores dos atentados que resultaram na morte de cerca de 130 pessoas.

    Segundo a rádio Europe1, esta informação foi divulgada por uma fonte que tem acesso aos relatórios médicos dos corpos dos militantes.

    A polícia ainda não confirmou nem desmentiu a informação.

    O jornal Figaro antes divulgou o nome de um dos terroristas — Abbdulakbak. B, identificado por um dedo rasgado encontrado no teatro Bataclan.

    O segundo se chamava Ismael Omar Mostefai, conforme escreveu o prefeito da cidade, Pierre Gorges. Segundo ele, Mosferai viveu em Chartres até 2012. Ele foi julgado oito vezes.

    «Um desordeiro antigo, conhecido por oito sentenças de 2004 a 2010, mas nunca foi condenado a penas de prisão».

    PARTAGEZ, C'EST IMPORTANT.Jean-Pierre GORGES, Député-Maire: J’apprends à l’instant qu’un terroriste kamikaze…

    Posted by Jean-Pierre Gorges on 14 ноября 2015 г.

     

    Além disso, a investigação descobriu uma pista belga. Três pessoas foram presas no sábado (14) pelas autoridades belgas. Entre eles, o homem que alugou o carro aos homens-bomba encontrado estacionado fora do Bataclan.

    Uma série de atentados em vários locais diferentes abalou Paris e chocou o mundo na noite desta sexta-feira. Terroristas do Estado Islâmico abriram fogo em um restaurante; detonaram três bombas perto do Stade de France, onde França e Alemanha disputavam uma partida amistosa de futebol; e tomaram reféns na casa de shows Bataclan. 

    Tema:
    Capital francesa sofre pior atentado da história (68)

    Mais:

    Homem preso na Alemanha é suspeito de ligação com ataques em Paris
    Número das vítimas dos atentados em Paris aumentou para 250
    Tags:
    atentado, Paris, França
    Padrões da comunidadeDiscussão
    Comentar no FacebookComentar na Sputnik