09:58 18 Novembro 2017
Ouvir Rádio
    John Kerry, secretário de Estado dos EUA, chega a conferência sobre a Síria em Viena

    Kerry acusa Assad de comprar petróleo contrabandeado do Estado Islâmico

    © AFP 2017/ JOE KLAMAR
    Mundo
    URL curta
    Estado Islâmico: pior ameaça mundial (299)
    844882774

    O secretário de Estado dos EUA, John Kerry, acusou o presidente sírio, Bashar Assad, de comprar petróleo contrabandeado pelo Estado Islâmico.

    “Que ninguém se engane, por favor. Assad fez seu próprio acordo com o Daesh (Estado Islâmico)”, disse Kerry. “Eles vendem petróleo, ele compra petróleo, eles são simbióticos, não são inimigos”, disse o secretário americano aos jornalistas em Viena após uma rodada de conversas pela solução da crise na Síria.

    A venda de petróleo cru no mercado negro é uma das principais fontes de receita dos militantes do Estado Islâmico. Em junho, o ministro de Relações Exteriores da Rússia, Sergei Lavrov, pediu ao Conselho de Segurança da ONU que tomasse medidas adicionais para determinam quem estava comprando petróleo de extremistas.

    Tema:
    Estado Islâmico: pior ameaça mundial (299)

    Mais:

    Moscou: Povo sírio deve decidir se mantém Bashar Assad no poder ou não
    Mídia: EUA podem aceitar participação de Assad na transição política síria
    Ex-assessor de Reagan: EUA criaram Estado Islâmico para derrubar Assad
    Assad: extermínio do terrorismo contribuirá para processo político na Síria
    Tags:
    solução política, conversa, terrorismo, Negociação, compra, petróleo, Estado Islâmico, Bashar Assad, John Kerry, Síria, Viena
    Padrões da comunidadeDiscussão
    Comentar no FacebookComentar na Sputnik