10:58 20 Fevereiro 2018
Ouvir Rádio
    Refugiados sírios à espera de transporte após atravessar a fronteira com a Turquia em Tal Abyad, em 10 de junho de 2015

    Turquia recomenda que refugiados sírios desistam de buscar refúgio

    © AFP 2018/ STR
    Mundo
    URL curta
    0 06

    A Turquia está encorajando milhares de pessoas desalojadas e assustadas pelos intensos conflitos da guerra civil da Síria a não deixarem o território sírio.

    Em entrevista à imprensa estrangeira, Fuat Oktay, diretor da agência turca para gestão de desastres AFAD, disse que a Turquia está apoiando fortemente uma série de campos para refugiados na fronteira com a Síria e que, embora o seu país tenha recebido uma grande quantidade de imigrantes nos últimos anos, o governo turco não planeja fechar as portas para os refugiados. 

    "Uma política de fronteiras abertas é a principal política que nós temos seguido desde o início da crise. Mas o mundo inteiro, incluindo a Europa, deve abrir suas portas para os refugiados, não apenas a Turquia", declarou Oktay. 

    Embora já tenha recebido cerca de 2,2 milhões de refugiados sírios, a Turquia continua sendo pressionada pela União Europeia, da qual espera fazer parte, a manter os imigrantes em seu território, a fim de diminuir o fluxo de pessoas que chegam ao Velho Continente. 

    Mais:

    Comissão Europeia divulga previsão de chegada de refugiados até 2017
    Secretário Beto Vasconcelos: ‘Brasil pode ajudar ainda mais os refugiados’
    Refugiados: Hollande critica construção de muros e barreiras na Europa
    Tags:
    imigrantes, refugiados, AFAD, Fuat Oktay, Ancara, Europa, Síria, Turquia
    Padrões da comunidadeDiscussão
    Comentar no FacebookComentar na Sputnik