12:42 18 Junho 2018
Ouvir Rádio
    Veículosde combate de infantaria BMP-2 russos durante os exercícios na cidade de Chebarkul, regiçao de Chelyabinsk, 14 de outubro de 2015

    Índia poderá comprar à Rússia armas mais modernas

    © Sputnik / Pavel Lisitsin
    Mundo
    URL curta
    11301

    Nas vésperas da visita do ministro da Defesa indiano à Rússia, Manohar Parrikar, a mídia indiana prevê a assinatura de uma série de contratos importantes na área de cooperação técnica e militar.

    Em 2 de novembro, Parrikar participará da reunião da comissão intergovernamental de cooperação técnico-militar russo-indiana na qualidade de copresidente. 

    Entre os contratos que podem ser assinados estão os referentes ao fornecimento de veículos de combate de infantaria BMP-2, modernização de aviões de transporte da Força Aérea indiana Il-76 e Il-78, fornecimento direto e produção licenciada de helicópteros Ka-226T na Índia. 

    A Marinha indiana também tem expectativas em relação à visita. Deverá ser discutido o possível arrendamento de um segundo submarino nuclear. A Rússia também pode começar a construção para a Índia de submarinos não nucleares do projeto 877 (segundo a classificação da OTAN, Kilo) e também oferecer à Índia novas armas navais, destacou Konstantin Sivkov, da Academia de Ciências de Mísseis e de Artilharia, em entrevista à Sputnik.

    “Não se exclui que possa surgir o assunto da elaboração conjunta ou compra do sistema de mísseis Kalibr. Este míssil mostrou as suas grandes capacidades. Penso que a Índia estará interessada porque as questões de dissuasão nuclear são muito atuais, primeiramente, em relação ao Paquistão. A Índia está construindo submarinos equipados com mísseis balísticos, mas o prazo da sua entrada ao serviço está longe e o alcance destes mísseis não é grande, sendo menor do que do nosso míssil Kalibr. Penso que serão também discutidos os assuntos de construir para a Índia pequenos navios, corvetas, como as que lançaram mísseis Kalibr a partir do mar Cáspio (contra os alvos do Estado Islâmico na Síria — red.)”, disse o especialista.

    Os especialistas estão seguros de que será discutida a compra pela Índia de mísseis antiaéreos S-400 e de aviões de combate de quinta geração T-50 (PAK FA).

    Um oficial de alto nível do Ministério da Defesa indiano disse ao jornal indiano Financial Express, preferindo ficar anónimo, que será levantada a questão de compra direta dos T-50 antes mesmo da finalização do projeto.

    Segundo o Economic Times, o Comité indiano de Compras Militares pretende canalizar cerca de 50 bilhões de rupias aos contratos militares com a Rússia.

    Tags:
    contratos, armas, compra, Rússia, Índia
    Padrões da comunidadeDiscussão
    Comentar no FacebookComentar na Sputnik