09:43 26 Outubro 2020
Ouvir Rádio
    Mundo
    URL curta
    BRICS: organização do futuro (189)
    290
    Nos siga no

    O ministro das Relações Exteriores russo, Sergei Lavrov, afirmou nesta terça-feira (27), na abertura oficial da Cúpula Global das Universidades dos BRICS, em Moscou, que o objetivo do quinteto formado por Brasil, Rússia, Índia, China e África do Sul é alcançar o bem-estar e o desenvolvimento dos povos.

    Lavrov destacou que o grupo tem interesse em promover a estabilidade internacional e a cooperação multilateral entre seus integrantes. No entanto, o chanceler russo fez questão de deixar claro que o BRICS “não impõe nada a ninguém” e que não tem a “disciplina típica dos blocos políticos e militares”.

    O chanceler lembrou que desde setembro o grupo afirmou que era necessário consolidar esforços conjuntos no combate ao terrorismo no Oriente Médio e na África. Ele ainda frisou que a situação nesta região chegou ao ponto atual graças a um contexto de enfraquecimento dos Estados causada pela interferência estrangeira.

    “A destruição dos mecanismos de segurança, o caos e a anarquia levam ao risco de um colapso dos Estados e à tomada de seus territórios por terroristas”, afirmou Lavrov.

     

    Tema:
    BRICS: organização do futuro (189)
    Tags:
    universidades, imposição, interferência estrangeira, bem-estar, colapso, anarquia, caos, desenvolvimento, estabilidade, cooperação, terrorismo, segurança, Cúpula Global das Universidades dos BRICS, BRICS, Sergei Lavrov, Oriente Médio, África, África do Sul, Índia, China, Moscou, Rússia, Brasil
    Padrões da comunidadeDiscussão
    Comentar na SputnikComentar no Facebook
    • Comentar