07:22 29 Outubro 2020
Ouvir Rádio
    Mundo
    URL curta
    22018
    Nos siga no

    Obama afirmou durante a reunião plenária de alto escalão da Assembleia Geral das Nações Unidas que muitas crises no mundo poderiam ter sido evitadas se os países gastassem mais recursos em capital humano e se os países mais ricos ajudassem as nações em desenvolvimento.

    Ministro das Relações Exteriores da Rússia, Sergei Lavrov em pronunciamento da Assembleia Geral da ONU, em Nova Iorque, 27 de setembro, 2015.
    © AFP 2020 / TIMOTHY A. CLARY Timothy A. Clary
    Muitas crises no mundo poderiam ter sido evitadas se os países gastassem mais recursos em capital humano e se os países mais ricos ajudassem os em desenvolvimento, afirmou o presidente dos EUA, Barack Obama durante reunião plenária do alto escalão na Assembleia Geral das Nações Unidas, neste domingo (27).

    "Crises de refugiados e intervenções militares ao longo dos anos poderiam ter sido evitadas se as nações verdadeiramente tivessem investido nas vidas de seu povo e, se os países mais ricos do mundo e nossos parceiros estivessem trabalhando com aqueles que estão tentando reerguer-se", disse Obama.

    O encontro de três dias das Nações Unidas chamado Desenvolvimento Sustentável 2015 está acontecendo atualmente em Nova Iorque.

    Na sexta-feira (25), no dia da abertura do encontro, a comunidade internacional adotou 17 metas de desenvolvimento sustentável, com o objetivo de pôr fim a problemas globais, como a pobreza e a desigualdade até 2030.

    A agenda de 2030 está definida para entrar em vigor em 1 de janeiro de 2016 e substituirá as atuais Metas de Desenvolvimento do Milênio.

    O discurso de Obama ocorre alguns dias depois da declaração da chanceler alemã, Angela Merkel, que afirmou que a União Europeia apreciaria muito se os EUA prestassem mais auxílio para lidar com a atual crise de refugiados.

    Mais:

    Presidente da Ucrânia: Conselho de Segurança da ONU é ineficaz
    Reforma tornará Conselho de Segurança da ONU mais legítimo para evitar a guerra
    Dilma Rousseff promete reduzir emissões de gases com efeito estufa em 37%
    Washington tenta mais uma vez manipular a Europa
    Tags:
    ajuda internacional, ajuda humanitária, crise migratória, Metas do Milênio, Assembleia Geral da ONU, Encontro sobre Desenvolvimento Sustentável 2015, ONU, Assembleia Geral da ONU, Angela Merkel, Barack Obama, União Europeia, EUA
    Padrões da comunidadeDiscussão
    Comentar na SputnikComentar no Facebook
    • Comentar