11:53 12 Dezembro 2017
Ouvir Rádio
    Exercícios antiterroristas da SCO em 2013

    Serviço antiterrorista aplaude luta contra rebeldes no Tajiquistão

    © Foto: Press service of the Central Military District
    Mundo
    URL curta
    4141

    A Estrutura Regional Antiterrorista da Organização para Cooperação de Xangai (SCO, na sigla em inglês) apoiou as ações da polícia do Tajiquistão na luta contra rebeldes liderados pelo ex-vice-ministro da Defesa Abduhalim Nazarzoda, disse na segunda-feira (21) o serviço da imprensa do organismo.

    “O comité executivo da Estrutura Regional Antiterrorista expressa seu apoio às iniciativas antiterroristas levadas a cabo pelos órgãos competentes do Tajiquistão que visam apoiar a paz e estabilidade no país”, diz-se no comunicado.

    Segundo o serviço de imprensa, a Estrutura Regional Antiterrorista “reitera a prontidão de reforçar a cooperação dos órgãos competentes dos estados-membros da SCO na luta contra ‘três males’ – o terrorismo, o separatismo e o extremismo”.

    Em 16 de setembro, as forças de inteligência disseram que Nazarzoda, responsável por dois ataques à polícia em Dushanbe e Vahdat de manhã em 4 de setembro, foi eliminado. De acordo com o Ministério Público do país, no decorrer da operação especial para eliminar o general rebelde foram mortos 25 militantes, 125 foram detidos. No resultado dos confrontos com o agrupamento morreram 14 polícias da república.

    A SCO é integrada por seis membros permanentes: Cazaquistão, China, Quirguistão, Rússia, Tajiquistão e Uzbequistão; cinco países observadores (Afeganistão, Índia, Irã, Mongólia e Paquistão) e três parceiros no diálogo (Bielorrússia, Sri Lanka e Turquia).

    SCO
    © Sputnik/
    SCO

    Mais:

    SCO reforçará cooperação com o Banco de Dados para combater o terrorismo
    Agência de notícias Rossiya Segodnya quer promover intercâmbio de informação na SCO
    BRICS e SCO criarão Banco de Iniciativas Juvenis
    Tags:
    rebeldes, Organização de Cooperação de Xangai (SCO), Tajiquistão
    Padrões da comunidadeDiscussão
    Comentar no FacebookComentar na Sputnik