05:32 16 Setembro 2019
Ouvir Rádio
    Migrantes sérvios tentam atravessar ilegalmente a fronteira com a Hungria perto da cidade de Roszke, em  26 de agosto de 2015

    Grécia diz que postura da Hungria sobre refugiados é "delirante"

    © REUTERS / Laszlo Balogh
    Mundo
    URL curta
    0 16
    Nos siga no

    A Grécia considera inaceitáveis as ações da polícia húngara e “delirantes” as declarações das autoridades do país sobre a posição da Grécia em relação aos imigrantes. Quem afirma é o porta-voz do ministério das relações exteriores da Grécia, Konstantinos Kutras.

     “Não podemos seguir as declarações delirantes dos funcionários húngaros, nem, especialmente, as inaceitáveis ações das forças de seguranças da Hungria contra os refugiados, incluindo os bebês, que sofrem com as guerras”, disse o porta-voz. 

    Polícia da Hungria barra passagem a imigrantes
    © AFP 2019 / ATTILA KISBENEDEK
    Segundo ele, o uso de força contra vítimas inocentes da guerra e patrulhar com metralhadoras não é um comportamento que se adapte a um país membro da União Euoropeia.

    "Esta situação excepcional exige compaixão, cooperação, solidariedade e a coordenação com outros parceiros europeus, e não o cinismo repugnante, as declarações provocatórias, o uso da força e de regresso aos muros da guerra fria", disse Kutras.

    Em 15 de setembro a Hungria fechou a fronteira com a Sérvia para os refugiados causando um acúmulo de cerca de 5 mil pessoas, o que gerou alguns enfrentamentos com a polícia. Mais de 150 refugiados e 30 agentes da polícia ficaram feridos, além de trinta pessoas que foram detidas. 

    A Hungria acusou a Grécia pela atual crise migratória e sugeriu criar uma força conjunta para deter a imigração ilegal. 

    Desde o início de 2015, mais de 500 mil refugiados chegaram à União Europeia fugindo da violência no Oriente Médio e no Norte da África.    


    Mais:

    Polícia húngara também agride jornalistas durante confrontos com refugiados
    Síria inaugura primeiro campo de refugiados construído pela Rússia
    Polícia húngara usa jatos d'água para conter entrada de refugiados na fronteira com Sérvia
    COI anuncia candidatas aos Jogos Olímpicos de 2024 sob a sombra da crise dos refugiados
    Cameron defende ajuda aos países que recebem refugiados no Oriente Médio
    Human Rights Watch: EUA poderiam fazer mais pelos refugiados
    Tags:
    crise migratória, imigrantes, refugiados, Norte da África, Oriente Médio, União Europeia, Grécia, Hungria
    Padrões da comunidadeDiscussão
    Comentar no FacebookComentar na Sputnik
    • Comentar