09:49 15 Junho 2021
Ouvir Rádio
    Mundo
    URL curta
    1171
    Nos siga no

    O Presidente da Assembleia Parlamentar da OSCE, Ilkka Kanerva, disse em uma carta a Bruxelas criticando as sanções contra parlamentares russas. A informação é do representante especial da organização para a luta contra o terrorismo, Nikolai Kovalyov.

    Na quarta-feira, como parte da sessão de OSCE, em Ulan Bator (Mongólia), Kanerva  se reuniu com o presidente da Duma esstal (câmara baixa do parlamento russo), Sergei Naryshkin.

    "Kanerva informou que enviou uma carta ao chefe da diplomacia europeia, Federica Mogherini, na qual classificou de inadmissíveis as situações em que a participação dos parlamentares russos é restringida em eventos internacionais da Assembleia Parlamentar", disse Kovalev.

    Ele acrescentou que esta posição foi apoiada pelos parlamentares da Alemanha, França, Itália, Chipre, Grécia, entre outros.

    A sessão anterior da Assembleia Parlamentar da OSCE foi realizada na Finlândia, sem a participação da Rússia.

    Helsínque negou a entrada para Naryshkin e cinco parlamentares russos, argumentando que eles fazem parte da "lista negra" de pessoas sancionadas pela União Europeia. Em protesto, toda a delegação russa cancelou a sua viagem para o país escandinavo.

     

     

    Mais:

    Alto representante da OSCE fala sobre situação na Ucrânia em entrevista à Sputnik
    Embaixador russo: reforma da OSCE terminou em fracasso
    Matvienko: "Sanções contra parlamentares russos violam princípios democráticos"
    Tags:
    sanções, OSCE, Sergey Naryshkin, União Europeia, Europa, Rússia
    Padrões da comunidadeDiscussão
    Comentar na SputnikComentar no Facebook
    • Comentar