02:15 05 Março 2021
Ouvir Rádio
    Mundo
    URL curta
    3361
    Nos siga no

    O plano do Irã para a regulação do conflito na Síria será executado após consultas com Moscou nos próximos dias, declarou nesta terça-feira, 15, o vice-ministro iraniano das Relações Exteriores, Amir Abdollahiyan.

    John Kirby
    © East News / AP Photo/Manuel Balce Ceneta
    Segundo informou a agência Fars, o plano foi apresentado ao presidente sírio Bashar Assad no dia 12 de agosto pelo o chefe da chancelaria iraniana, Javad Zarif. Assad aprovou a proposta, chamando-a de uma "iniciativa política construtiva por parte do Irã".

    O documento inclui medidas como o cessar-fogo imediato, formação de um governo único e alterações na constituição do país, bem como a realização de eleições mediante a presença de observadores internacionais.

    Desde março de 2011, a Síria está envolvida em uma guerra civil que já provocou a morte de mais de 220 mil pessoas, segundo estimativas da ONU, ou mais de 330 mil, segundo a ONG Observatório Sírio para os Direitos Humanos, que monitora as hostilidades, baseada na Grã-Bretanha. 

    As tropas governamentais enfrentam diferentes facções armadas, entre elas os terroristas do grupo Estado Islâmico e da Frente Nusra, vinculada à al-Qaeda.

    Mais:

    Reportagem Sputnik: 'Quando houver paz na Síria, vocês não verão um só sírio na Europa'
    EUA: Ações de Moscou na Síria podem resultar em isolamento da Rússia
    Pentágono diz seguir de perto os passos de Moscou na Síria
    Especialista: Ocidente é roteirista da crise síria
    Tags:
    Observatório Sírio dos Direitos Humanos, ONU, Mohammad Javad Zarif, Grã-Bretanha, Irã, Síria, Rússia
    Padrões da comunidadeDiscussão
    Comentar na SputnikComentar no Facebook
    • Comentar