06:32 22 Outubro 2021
Ouvir Rádio
    Mundo
    URL curta
    1211
    Nos siga no

    A Rússia apoia a luta empreendida por Damasco contra o grupo terrorista Estado Islâmico e não contra o presidente sírio, Bashar Assad. Quem afirma é o ministro das relações exteriores da Rússia, Sergei Lavrov.

    'Apoiamos a luta síria contra o Estado Islâmico, que não tem nada a ver com o islã e tampouco é um Estado', observou o chanceler.

    Além disso, Lavrov destacou a necessidade da coalizão internacional que combate o Esado Islâmico cooperar com o exército sírio.

    "Devemos, é claro, interagir com as forças terrestres para enfrentar os militantes, e a força mais eficaz e forte para enfrentar o EI por terra é o exército sírio", disse Lavrov.

    Na última segunda-feira, o Ministério de Relações Exteriores da Rússia desmentiu relatos da mídia de que a Rússia havia supostamente feito um acordo com os Estados Unidos e a Arábia Saudita para tirar Assad do poder. Segundo a diplomacia russa, os rumores têm como objetivo mudar o foco da responsabilidade pelo fracasso das políticas ocidentais no Oriente Médio.

    A Síria passa por uma guerra civil desde 2011, com as forças do governo do Presidente Assad combatendo vários grupos de oposição e grupos radicais islâmicos como a Frente Nusra e o Estado Islâmico.


    Mais:

    Nações Unidas autorizam Mecanismo Conjunto de Investigação na Síria
    Lavrov explicou por que militares russos estão na Síria
    Ucrânia fecha espaço aéreo para ajuda humanitária russa à Síria
    Refugiados da Síria podem chegar à Rússia
    Comissão Europeia: Ucrânia pode seguir os passos da Síria
    Lavrov e Kerry discutem regularização na Síria
    Tags:
    Rússia, Síria, Sergei Lavrov, Estado Islâmico
    Padrões da comunidadeDiscussão
    Comentar na SputnikComentar no Facebook
    • Comentar