07:33 12 Agosto 2020
Ouvir Rádio
    Mundo
    URL curta
    381
    Nos siga no

    Os presidentes da Colômbia, Juan Manuel Santos, e da Venezuela, Nicolas Maduro, trocaram fortes ofensas em meio a deterioração das relações entre os países vizinhos, que iniciou há três semanas, após uma repressão aos imigrantes do lado da fronteira da Venezuela.

    Em uma de suas declarações mais inflamadas, o presidente da Colômbia disse que a revolução socialista lançada há 16 anos pelo ex-presidente da Venezuela, Hugo Chávez, foi autodestrutiva. O presidente da Venezuela respondeu horas depois dizendo que estava profundamente ofendido. 

    Anteriormente, Maduro acusou colombianos de controlar operações paramilitares e de contrabando na fronteira. 

    Apesar das tensões terem se acentuado, os dois presidentes afirmaram que estão abertos ao diálogo.

    Mais:

    Colômbia e Venezuela convocam seus embaixadores
    Diplomacia brasileira é contra interferência de terceiros na crise Venezuela-Colômbia
    Unasul está disposta a intermediar conflito de fronteira entre Venezuela e Colômbia
    Nicolás Maduro: Venezuela é vítima do modelo paramilitar da direita colombiana
    Tags:
    grupo paramilitar, imigrantes, fronteira, Hugo Chávez, Juan Manuel Santos, Nicolás Maduro, Colômbia, Venezuela
    Padrões da comunidadeDiscussão
    Comentar na SputnikComentar no Facebook
    • Comentar