10:33 20 Maio 2019
Ouvir Rádio
    Imigrantes na fronteira entre Macedônia e Grécia

    Hungria fecha estação de trem e impede viagem de centenas de refugiados

    © REUTERS / Ognen Teofilovski
    Mundo
    URL curta
    103

    A principal estação de trem de Budapeste ficou fechada por “tempo indeterminado” nesta terça-feira para centenas de imigrantes que tentavam embarcar em um trem para Viena.

    Compostos em sua maioria por pessoas que escaparam do conflito na Síria, os imigrantes, ao serem bloqueados pela polícia da estação de trem, começaram a protestar gritando “Alemanha, Alemanha”, exigindo das autoridades o acesso às embarcações de trem. A estação permaneceu aberta para os demais passageiros.

    No início da manhã, houve confronto entre as forças de segurança e as centenas de imigrantes, quando estes tentavam empurrar os portões para a plataforma. 

    Segundo relatos da mídia local, vários imigrantes disseram que tinham gasto centenas de euros para comprar os bilhetes de trem.

    Na última segunda-feira, 3.650 imigrantes viajaram da Hungria para Viena, sendo que a maioria deles continua seu caminho até a Alemanha.

    Autoridades austríacas relataram ter parado dois trens com algumas centenas de imigrantes perto da fronteira com a Hungria para verificar os seus documentos.

    O presidente da República Tcheca, Milos Zeman, por sua vez, declarou que seu país deve defender suas fronteiras para impedir o afluxo de migrantes, e que a União Europeia não está lidando com a questão.

    "Claro que eu gostaria que a UE reforçasse as suas fronteiras, mas eu não vejo nenhuma ação real. Portanto, eu acredito que a República Tcheca deve cuidar das suas fronteiras sozinha e expulsar imigrantes ilegais das fronteiras, inclusive com o uso do exército", disse Zeman a jornalistas na segunda-feira.

    A situação dos refugiados tem saído do controle no último mês em toda a Europa. Na semana passada, as forças de segurança austríacas descobriram um caminhão com 71 imigrantes mortos dentro. 


    Mais:

    200 imigrantes estão desaparecidos no Mediterrâneo após novo naufrágio
    Autoridades da Hungria tentarão conter fluxo de imigrantes na fronteira com a Sérvia
    Milhares de imigrantes chegam à Sérvia após passar pela Macedônia
    Imigrantes na fronteira entre Grécia e Macedônia
    Donald Trump despede empregado mexicano por criticar sua campanha contra imigrantes
    Padrões da comunidadeDiscussão
    Comentar no FacebookComentar na Sputnik
    • Comentar