01:14 25 Setembro 2017
Ouvir Rádio
    Protesto contra crise no sistema de coleta de lixo em Beirute, no Líbano, em 25 de julho de 2015

    Ativistas dão prazo de 72 horas para governo do Líbano resolver crise no país

    © REUTERS/ Aziz Taher
    Mundo
    URL curta
    254508

    Os ativistas responsáveis pela onda de protestos contra as autoridades do Líbano, em Beirute, deram ao governo um prazo de três dias, a partir deste sábado, para encontrar uma solução para a atual crise que se instalou no país.

    Os milhares de manifestantes que se reuniram hoje na capital exigem uma mudança radical nos rumos da política nacional, sem corrupção e com novos dirigentes capazes de garantir serviços básicos à população. 

    "Um representante dos ativistas leu as exigências para a liderança do país. Ele convocou todos os cidadãos a iniciar grandes protestos pelo país caso nossas demandas não sejam atendidas", informou um dos manifestantes em entrevista à Sputnik.

    Organizada por lideranças do movimento "Você fede", a manifestação que teve início há algumas semanas com uma crise no sistema de coleta de lixo tomou novas proporções neste sábado, levando milhares de pessoas a protestar contra a corrupção disseminada e a inação das autoridades diante dos inúmeros problemas que afligem a sociedade libanesa. 

    Tags:
    protestos, manifestação, Sputnik, Líbano, Beirute
    Padrões da comunidadeDiscussão
    Comentar no FacebookComentar na Sputnik