19:57 20 Setembro 2019
Ouvir Rádio
    Laurent Fabius, ministro das Relações Exteriores da França

    Paris acolherá conferência sobre minorias perseguidas pelo EI

    © REUTERS / Francois Guillot
    Mundo
    URL curta
    Estado Islâmico: pior ameaça mundial (299)
    0 12
    Nos siga no

    A capital francesa receberá no mês que vem um encontro internacional para debater as perseguições sofridas por grupos minoritários, por parte do Estado Islâmico, no Oriente Médio, segundo informou nesta quinta-feira o ministro das Relações Exteriores da França, Laurent Fabius.

    "No dia 8 de setembro, eu vou presidir, com o meu homólogo jordaniano, uma conferência da ONU para apresentar as conclusões" do debate anterior sobre o tema "e propor uma carta de ações", informou Fabius se referindo ao evento realizado em março no Conselho de Segurança. "Há urgência extrema, e a França, apesar das dificuldades, não irá abaixar os braços", completou.

    A expectativa é a de que pelo menos 60 países estejam representados nessa reunião de Paris, que contará também com a presença de diversas ONGs internacionais e de representantes de todas as grandes agências das Nações Unidas. 

    Em seu discurso no último 27 de março, na sede do Conselho de Segurança da ONU, em Nova York, o chefe da diplomacia francesa defendeu a ideia de que a comunidade internacional deveria fazer o possível para garantir o retorno, ao seu lugar de origem, das populações minoritárias que são perseguidas por grupos extremistas no Oriente Médio, como acontece com os cristãos, os yazidis e os curdos. Segundo ele, além disso, deveria ser criado um fundo especial para financiar a reconstrução de casas e de templos religiosos nas regiões que forem recuperadas do Estado Islâmico. 

    Tema:
    Estado Islâmico: pior ameaça mundial (299)

    Mais:

    Curdos contra-atacam Estado Islâmico em Kobane após massacre de 146 civis
    Rússia está preocupada com êxodo de cristãos do Oriente Médio
    Estado Islâmico domina região próxima à fronteira com a Turquia
    Tags:
    yazidis, cristãos, curdos, Conselho de Segurança da ONU, ONU, Estado Islâmico, Laurent Fabius, Nova York, EUA, França, Jordânia, Paris
    Padrões da comunidadeDiscussão
    Comentar no FacebookComentar na Sputnik
    • Comentar