06:34 15 Maio 2021
Ouvir Rádio
    Mundo
    URL curta
    480
    Nos siga no

    Os estados do Oriente Médio devem fazer parte de uma nova plataforma internacional de negociações, similar ao grupo do P5+1, para ajudar na resolução do conflito entre Israel e Palestina, segundo declarou nesta segunda-feira o embaixador palestino em Moscou, Abdel Hafiz Nofal.

    No último domingo, um membro do Comitê Executivo da Organização para a Libertação da Palestina havia proposto, em entrevista à Sputnik, que o grupo do P5+1, formado por Rússia, EUA, China, Reino Unido, França e Alemanha, substituísse o atual Quarteto do Oriente Médio (ONU, Estados Unidos, União Europeia e Rússia) nas negociações de paz. Mas, para Hafiz Nofal, a participação de outros países da região seria fundamental para o sucesso das discussões. 

    "Nós acreditamos que devemos seguir a modalidade do P5+1 para pôr fim a duas coisas: o Estado Islâmico e o conflito israelo-palestino", disse o embaixador, deixando claro que a questão envolvendo o seu país não deve ser tratada através de uma plataforma igual à utilizada no acordo sobre o programa nuclear iraniano, mas defendendo o mesmo formato de negociações:

    "Talvez não exatamente o P5+1, mas a mesma simulação desse formato, com Rússia, Estados Unidos e quatro países locais: Turquia, Irã, Arábia Saudita e Egito". 

    O conflito entre Israel e Palestina, que se estende desde meados do século passado, entrou em uma nova fase de tensões há pouco mais de um ano, quando Tel Aviv decidiu lançar, em 8 de julho de 2014, a Operação Margem Protetora, com o objetivo de atingir posições do grupo do Hamas na Faixa de Gaza. A ofensiva, que durou cerca de sete semanas, resultou na morte de 2.200 palestinos (principalmente civis) e cerca de 70 israelenses (quase todos soldados). 

    Mais:

    Petição para a prisão de Netanyahu já tem mais de 40 mil assinaturas
    Israel se recusa a liberar deputada palestina
    Rússia apoia restauração da unidade nacional palestina
    Israel e Palestina discutirão processo de paz sem informar os EUA
    Tags:
    conflito, Operação Margem Protetora, Quarteto do Oriente Médio, União Europeia, ONU, Sputnik, P5+1, Abdel Hafiz Nofal, Arábia Saudita, Turquia, Irã, Egito, Alemanha, França, Reino Unido, China, Tel Aviv, Gaza, EUA, Moscou, Rússia, Oriente Médio, Palestina, Israel
    Padrões da comunidadeDiscussão
    Comentar na SputnikComentar no Facebook
    • Comentar