09:09 23 Agosto 2017
Ouvir Rádio
    Soldados do exército líbio durante patrulha em Bengazi, nesta sexta-feira, 14 de agosto

    Confrontos envolvendo militantes do EI deixam quase 40 mortos na cidade de Muammar Kadhafi

    © AFP 2017/ ABDULLAH DOMA
    Mundo
    URL curta
    0 38521

    Pelo menos 37 pessoas foram mortas na Líbia nesta sexta-feira em consequência de confrontos entre extremistas do Estado Islâmico e de rebeldes muçulmanos rivais, segundo informou a BBC.

    De acordo com fontes locais, há mulheres e crianças entre as vítimas dos conflitos, que tiveram início na última segunda-feira, em Sirte, cidade localizada no Golfo de Sidra e local de nascimento do antigo ditador Muammar al-Kadhafi.  

    Nos confrontos desta semana, um grupo muçulmano salafista e moradores da região, que se recusam a obedecer ao Estado Islâmico, decidiram atacar posições da organização jihadista em Sirte, levando a intensos combates na cidade, que está em poder dos militantes do EI desde fevereiro deste ano.

    Até o momento, não foi possível confirmar o número de baixas entre a população civil de Sirte. 

    Mais:

    ONU criticou julgamento na Líbia e sentença de morte para filho de Khaddafi
    Consulado tunisiano na Líbia é invadido por milícia e diplomatas são feitos reféns
    Putin culpa OTAN pelo desaparecimento da Líbia como Estado
    Tags:
    movimento salafista, conflitos, Estado Islâmico, Muammar al-Gaddafi, Golfo de Sidra, Sirte, Líbia
    Padrões da comunidadeDiscussão
    Comentar no FacebookComentar na Sputnik