00:54 27 Setembro 2021
Ouvir Rádio
    Mundo
    URL curta
    080
    Nos siga no

    A China condenou à morte nesta segunda-feira (10) o ex-tenente-general do Exército Gun Junshan, que havia sido vice-diretor do Departamento de Logística. Ele foi acusado de corrupção em 2014 porque teria vendido centena de localizações militares.

    O caso foi conduzido sob segredo durante este período, mas a pena prevê uma suspensão por dois anos. Isto significa que, caso Gun Junshan tenha bom comportamento, a execução da sentença deverá ser comutada por prisão perpétua depois deste período.

    O governo chinês intensificou nos últimos anos a repressão aos crimes de corrupção em seus diversos ministérios. O combate a este crime é uma das prioridades do presidente Xi Jinping. Vários funcionários de alto-escalão, incluindo o ex-líder do Partido Comunista, Zhou Yongkang, foram condenados à pena de morte ou prisão perpétua recentemente.

    Tags:
    China, Xi Jinping, Gun Junshan, Exército, corrupção, pena de morte, prisão perpétua, condenação, combate, oficial
    Padrões da comunidadeDiscussão
    Comentar na SputnikComentar no Facebook
    • Comentar