23:45 20 Agosto 2017
Ouvir Rádio
    Mullah Akhtar.

    Renúncia de alto dirigente do Talibã expõe crise no movimento

    Reprodução da internet
    Mundo
    URL curta
    0 19721

    O anúncio da morte de Mullah Omar e da escolha de Mohammad Akhtar Mansour para assumir a liderança do Talibã gerou uma crise dentro do movimento. Nesta terça-feira (4), o diretor do Escritório Político em Doha, Sayed Mohammad Agha Tayab, deixou o cargo que ocupava no grupo e que foi criado para negociar a paz com o Afeganistão.

    A saída do alto dirigente não foi confirmada pelo porta-voz do Talibã, Zabihullah Mujahid, mas, segundo a Reuters, dois altos membros do escritório no Qatar haviam assegurado a renúncia. A medida expôs a briga dentro do movimento.

    Altos representantes do Talibã teriam ficado indignados por Akhtar ocultar a morte de Omar por dois anos e pela forma rápida com que ele assumiu o poder dentro do movimento, após escolha do Conselho de Liderança baseado em Quetta, no Paquistão. Agha teria afirmado que isto “foi um erro histórico”.

    Akhtar era vice de Omar e a morte do ex-líder poderia prejudicar as negociações de paz no Afeganistão.

    Tags:
    renúncia, poder, crise, negociações de paz, Talibã, Mullah Akhtar, Mullah Omar, Quetta, Paquistão, Qatar, Doha, Afeganistão
    Padrões da comunidadeDiscussão
    Comentar no FacebookComentar na Sputnik