03:48 24 Setembro 2017
Ouvir Rádio
    Lugansk prevê que a Ucrânia irá congelar sem o carvão de Donbass

    Lugansk prevê que a Ucrânia "irá congelar" sem o carvão de Donbass

    © Sputnik/ Alexei Kudenko
    Mundo
    URL curta
    72262343

    Ao recusar-se a comprar o carvão de Donbass a Ucrânia corre o risco de "congelar" no próximo inverno, estimou o representante da auto-proclamada da República Popular de Lugansk (RPL) Vladislav Deinego em entrevista coletiva.

    "De acordo com as estimativas do Governo de Kiev, as reservas atuais de carvão estão 50% abaixo do necessário para a próxima temporada", disse disse ele, acrescentando que a situação é "crítica".

    Ele ressaltou que a rejeição ao carvão de Donbass afeta principalmente a população pobre e advertiu que os ucranianos "podem ​​realmente congelar".

    Deinego também observou que, embora Kiev venha a comprar carvão proveniente de outras regiões, como a África, é improvável que possa usá-lo nas usinas ucranianas, inadequadas ao tipo de carvão produzido no exterior.

    Anteriormente o primeiro-ministro da Ucrânia, Arseni Yatseniuk, caracterizou a situação do setor energético como crítica e reconheceu que o Ministério da Energia e as empresas do setor não estão prontos para fornecer calor e energia para as pessoas no próximo inverno.

    Devido ao conflito em Donbass, a Ucrânia perdeu a maior parte das minas. As mais rentáveis se encontram no território que Kiev não controla. Das que lhe sobraram, se extrai um carvão de baixa qualidade, o que fez com que as autoridades ucranianas se vissem forçadas a importar o combustível.

    De acordo com o líder do Sindicato Independente dos Trabalhadores em Mineração da Ucrânia, Mikhail Volinets, o volume de reservas de carvão é de apenas 50%, de modo que durante o outono e o inverno a eletricidade e o aquecimento serão escassos nas cidades, fato que pode levar empresas e organismos administrativos nas localidades a pararem de funcionar.

    Mais:

    Servidores da região de Donbass terão aumento salarial de 50%
    Poroshenko descarta estatuto especial para Donbass
    Poroshenko: eleições em Donbass terão consequências desastrosas
    Repúblicas de Donbass convocam OSCE para acompanhar nova retirada de armas
    Donbass pede que BRICS imponha restrições à Ucrânia
    Kremlin acusa Kiev de crimes contra a humanidade em Donbass
    Tags:
    relações econômicas, carvão, importações, Mikhail Volinets, Vladislav Deinego, Arseni Yatsenyuk, Lugansk, Donbass, Ucrânia
    Padrões da comunidadeDiscussão
    Comentar no FacebookComentar na Sputnik