07:21 18 Outubro 2017
Ouvir Rádio
    Donald Trump

    Donald Trump cobra “tratamento justo” do Partido Republicano

    © REUTERS/ Dominick Reuter
    Mundo
    URL curta
    0 20431

    O magnata e pré-candidato à presidência dos EUA, Donald Trump, afirmou que concorrerá ao cargo como independente caso não receba tratamento justo do Partido Republicano. A declaração foi dada em entrevista ao jornal The Hill.

    Ele afirmou que as ações do Comitê Nacional Republicano durante o processo de escolha norteariam sua decisão. Trump não ficou satisfeito em ser repreendido pelas gafes que vem cometendo durante sua campanha. O magnata fez ataques pessoas a seus concorrentes na legenda e criticou os imigrantes mexicanos.

    Outro erro de sua campanha, cuja culpa foi jogada em um estagiário, aconteceu justo no lançamento nas redes sociais. Pelo Twitter, seu staff postou uma imagem de Trump na bandeira dos EUA, outra da Casa Branca, notas de dólar e homens vestidos como soldados nazistas. Depois da reclamação dos internautas, o material saiu do ar.

    Na tentativa de pressionar o partido, o magnata disse que o Comitê Nacional Republicano sempre foi solidário quando ele fez doações, mas que não foi desta vez. De acordo com o jornal, o pré-candidato teria dito, que agora, “não foi solidário… foi muito tolo”.

    Donald Trump lidera as pesquisas de intenções de voto entre os 16 postulantes à indicação do Partido Republicano, logo à frente de Jeb Bush. Caso decida concorrer à presidência de forma independente, o magnata deverá dividir os votos conservadores.

    Tags:
    tratamento, imigrantes, mexicanos, nazistas, Internet, rede social, pesquisa, Casa Branca, Twitter, Partido Republicano, Jeb Bush, Donald Trump, EUA
    Padrões da comunidadeDiscussão
    Comentar no FacebookComentar na Sputnik