11:16 18 Outubro 2017
Ouvir Rádio
    Ataque com carro-bomba no Iraque ocorreu durante comemorações do fim do Ramadã, em mercado movimentado da cidade de Khan Bani Saad

    Explosão de carro-bomba mata 35 durante comemorações do fim do Ramadã no Iraque

    © AFP 2017/ ALI AL-SAADI
    Mundo
    URL curta
    0 0 03

    Pelo menos 35 pessoas, incluindo crianças, foram mortas após a explosão de um carro-bomba em Khan Bani Saad, cidade de maioria xiita localizada ao norte de Bagdá, nesta sexta-feira, dia em que os muçulmanos celebram o fim do jejum do Ramadã.

    Segundo as autoridades locais, o número de feridos na tragédia ultrapassa a marca dos 70. E pedaços de corpos espalhados estão sendo recolhidos em caixas de vegetais.

    "A explosão foi forte, ela causou um grande dano", declarou um político da cidade vizinha de Baquba, capital da província de Diyala, onde está localizada Khan Bani Saad.

    Até o momento, nenhum grupo assumiu a responsabilidade pelo ataque. Mas, como lembra a agência Reuters, a organização sunita do Estado Islâmico já realizou alguns atentados naquela região.

    Mais:

    Ataque suicida provoca 18 mortes perto de base militar dos EUA no Afeganistão
    Atentado suicida deixa ao menos 20 mortos na Nigéria
    Ataques a instalações militares deixam cinco mortos nos Estados Unidos
    Quirguistão afirma ter evitado ataques e pilhagens do Estado Islâmico
    Tags:
    terrorismo, atentado, explosão, Estado Islâmico, Baquba, Khan Bani Saad, Diyala, Bagdá, Iraque
    Padrões da comunidadeDiscussão
    Comentar no FacebookComentar na Sputnik