11:12 18 Outubro 2017
Ouvir Rádio
    Plantação de folhas de coca em El Catatumbo, no norte do departamento de Santander, na Colômbia

    Candidato a prefeito é preso com 200 kg de cocaína na Colômbia

    © AFP 2017/ Luis Robayo
    Mundo
    URL curta
    0 0 41

    Um médico colombiano, candidato a prefeito da cidade de Puerto Caicedo, no departamento de Putumayo, foi detido nesta terça-feira junto com outras quatro pessoas tentando transportar mais de 200 quilos de cocaína em uma ambulância municipal, segundo informou a polícia da região.

    "A ambulância foi interceptada na estrada que leva à costa atlântica, na zona rural de Cimitarra", anunciaram as autoridades, explicando que a droga foi encontrada em um teto falso do veículo, que havia partido do sul do país e tinha como destino o porto de Cartagena, no norte. 

    "O médico, identificado como Edgardo Figueroa, que estava encarregado da transferência da ambulância, é na realidade um profissional de saúde, especializado em cirurgia, e trabalha no hospital municipal e atualmente é candidato à prefeitura de Puerto Caicedo". 

    Além de Figueroa, estavam na ambulância no momento do flagrante, de acordo com a polícia, uma enfermeira, um técnico hospitalar e um suposto paciente, além do motorista. 

    Segundo as Nações Unidas, a Colômbia continua sendo, ao lado do Peru, o maior fornecedor mundial de cocaína, e, só em 2014, a produção no país aumentou cerca de 50%. 

     

    Mais:

    Efeitos do tráfico: 90% das cédulas de real em circulação no Rio têm traços de cocaína
    Tags:
    tráfico de drogas, cocaína, ONU, Edgardo Figueroa, Cimitarra, Cartagena, Puerto Caicedo, Colômbia, Peru
    Padrões da comunidadeDiscussão
    Comentar no FacebookComentar na Sputnik