07:15 18 Outubro 2017
Ouvir Rádio
    Reunião do Conselho de Negócios do BRICS

    Conselho de Negócios: comunidade empresarial quer ter acesso ao Banco BRICS

    © Sputnik/ Photohost BRICS
    Mundo
    URL curta
    BRICS: organização do futuro (189)
    144981

    Os participantes da reunião do Conselho de Negócios do BRICS, que teve lugar na quarta-feira em Ufá, declararam que a comunidade empresarial quer estabelecer uma cooperação direta com o Novo Banco de Desenvolvimento.

    Apesar de outras questões atuais, o Banco BRICS foi o tema mais discutido na reunião de hoje, sublinhou o chefe da Câmara de Comércio da Rússia, Sergei Katyrin.

    "Este é um tema mais interessante. Uma das questões-chave é a participação da comunidade empresarial no trabalho dos bancos do BRICS. É necessário que a comunidade empresarial tenha os seus representantes nos órgãos diretivos", disse.

    Ao mesmo tempo, a diretora do departamento Ásia-Pacífico do HSBC, Naina Lal Kidwai, assegurou à Sputnik que o Conselho de Negócios irá trabalhar com o Banco para promover os interesses das empresas em cinco países. 

    “O Conselho de Negócios irá apoiar e orientar esta nova instituição durante o seu desenvolvimento, visto que o Banco BRICS deve apoiar as necessidades dos empresários, ele foi criado para fomentar o crescimento da infraestrutura”, disse ela. 

    “Estou surpreendida por os cinco países interagirem pouco uns com os outros na prática. Há um diálogo bidirecional, o que não pode ser dito sobre diálogo dentro do grupo todo. Será interessante ver como durante o fórum aparecerão novas plataformas de cooperação”, concluiu.

    O Conselho de Negócios foi criado há dois anos e, durante este tempo, os grupos de trabalho prepararam um grande conjunto de recomendações para convergência das economias dos países do BRICS. Como disse à Sputnik Sergei Katyrin, as recomendações representadas estão relacionadas, em particular, com regime de vistos, regulamentações técnicas, logística, simplificação dos procedimentos de licenciamento e treinamento de pessoal. 

    A tarefa mais urgente é a organização de projetos que venham a envolver todos os cinco Estados-membros, acrescentou o vice-chefe da Câmara de Comércio russa, Georgy Petrov. 

    “Não é fácil, mas tais projetos já estão a surgir. O fato é que o BRICS não é uma organização – é uma parceria interativa. Não temos um secretariado permanente, estas funções são realizadas pelo país que está presidindo”, explicou Petrov.

    Tema:
    BRICS: organização do futuro (189)

    Mais:

    Embaixador chinês na Rússia: BRICS e SCO avançam em conjunto
    Cúpulas do BRICS e SCO já começaram
    Chefes de Estado se reunirão em Ufá, na Rússia, para participar da VII Cúpula do BRICS
    Tags:
    cúpula, Banco de Desenvolvimento do BRICS, BRICS, Ufa, Rússia
    Padrões da comunidadeDiscussão
    Comentar no FacebookComentar na Sputnik