13:05 19 Agosto 2018
Ouvir Rádio
    Hillary Clinton, ex-secretária de Estado dos EUA e pré-candidata à presidência

    Clinton: EUA devem ser "mais inteligentes" e cooperar com Putin

    © AP Photo / Charlie Neibergall
    Mundo
    URL curta
    16256

    A candidata à presidência dos Estados Unidos Hillary Clinton declarou que os EUA devem ser "mais inteligêntes" nas relações com a Rússia.

    Clinton disse que os Estados Unidos não devem recusar a interação constante com o presidente russo, Vladimir Putin.

    A declaração, citada pela agência Reuters, foi feita na reunião com os seus apoiantes na corrida presidencial na cidade norte-americana de Glen (estado de New Hampshire):

    "Devemos ser mais inteligentes em nosso comportamento com Putin e com as suas ambições."

    A esposa do ex-presidente dos EUA Bill Clinton, que anteriormente ocupou o cargo de senadora de Nova York e foi secretária de Estado na administração do presidente Barack Obama, disse:
    “Ele não é uma pessoa simples… Mas eu não penso que existe uma alternativa à interação constante.”

    Segundo os resultados de uma pesquisa publicada pela agência ORC, Hillary Clinton, que entrou na corrida presidencial em abril, é agora a mais popular entre os candidatos democratas às próximas eleições em 2016. Entre os republicanos, quem tem mais apoio no momento é o ex-governador do estado de Flórida, Jeb Bush.

    Mais:

    Divulgadas as primeiras páginas dos controversos e-mails de Hillary Clinton
    Casal Clinton recebeu mais de US$ 25 milhões por palestras desde 2014
    Entrevista: O Mercosul foi uma maneira de resistir à ALCA de Bill Clinton
    Tags:
    presidência, Vladimir Putin, Hillary Clinton, EUA, Rússia
    Padrões da comunidadeDiscussão
    Comentar no FacebookComentar na Sputnik