03:40 02 Julho 2020
Ouvir Rádio
    Mundo
    URL curta
    Afeganistão entre OTAN e Talibã (109)
    0 18
    Nos siga no

    Terroristas do Estado Islâmico tomaram nesta segunda-feira pelo menos seis dos 21 distritos da província de Nangarhar, no leste do Afeganistão, decretando a primeira grande vitória do grupo sobre o Talibã, principal organização extremista do país.

    Segundo testemunhas, centenas de militantes do EI chegaram à região incendiando campos de papoula do Talibã e expulsando seus seguidores para outras áreas. Os jihadistas distribuíram panfletos com supostas ordens do autodeclarado califa Abu Bakr al-Baghdadi e explicaram as novas regras do local. 

    "Eles vieram em várias pickups brancas e armados com metralhadoras e expulsaram o Talibã", disse Haji Abdul Jan, líder tribal do distrito de Achin. "O Talibã não pôde resistir e fugiu", acrescentou o morador, enquanto outras fontes afirmaram ter visto os comandantes do Talibã na região serem decapitados.  

    "Ao contrário do Talibã, eles (combatentes do EI) não forçam os moradores a alimentá-los e abrigá-los. Ao contrário, eles trazem muito dinheiro nos bolsos e gastam com comida e seduzindo os jovens para se juntar a eles", conclui Jan. 

    Na última semana, o presidente da Rússia, Vladimir Putin, já havia expressado grande preocupação com o fortalecimento dessas duas organizações terroristas no Afeganistão. Em encontro com o ex-presidente afegão Hamid Karzai, em Moscou, Putin chamou a atenção para o fato de que, além de o Talibã estar se fortalecendo, o Estado Islâmico estava trabalhando cada vez mais ativamente no Afeganistão, se sentindo mais confortável nas 25 províncias afegãs em que já está presente. 

    Embora tenha se originado na Síria e no Iraque, o Estado Islâmico tem feito constantes incursões em território afegão, o que tem provocado vários choques com o Talibã. Mas, até agora, o grupo não havia conseguido uma vitória tão expressiva assim no país, como essa, em Nangarhar. 

    Tema:
    Afeganistão entre OTAN e Talibã (109)

    Mais:

    Putin: Rússia está muito preocupada com a situação no Afeganistão
    Parlamento do Afeganistão é atacado
    Talibã libera soldados tajiques sequestrados no Afeganistão
    Conflitos no Afeganistão e no Paquistão deixaram cerca de 150 mil mortos
    Produção de drogas no Afeganistão cresceu após chegada dos americanos
    Tags:
    terrorismo, Talibã, Estado Islâmico, Haji Abdul Jan, Hamid Karzai, Abu Bakr al-Baghdadi, Vladimir Putin, Nangarhar, Achin, Iraque, Afeganistão, Síria, Moscou
    Padrões da comunidadeDiscussão
    Comentar na SputnikComentar no Facebook
    • Comentar