16:48 28 Setembro 2020
Ouvir Rádio
    Mundo
    URL curta
    11931
    Nos siga no

    O presidente russo, Vladimir Putin, declarou que a Rússia enxerga diversos riscos, inclusive próximo às suas fronteiras, e que, portanto, um exército forte com armamentos modernos é a chave para a soberania e a integridade territorial do país.

    A declaração se deu nesta quinta-feira, durante uma recepção solene de formandos de altas instituições militares da Rússia.

    O presidente destacou que por conta dos riscos à vista, um exército forte e bem armado representa a “garantia de uma vida calma e pacífica para milhões de cidadãos russos”.

    Putin garantiu que as autoridades darão continuidade ao desenvolvimento das forças armadas do país, completando as reformas estruturais iniciados nos últimos anos, que aumentarão a eficácia dos sistemas militares de gestão e a eficiência na tomada de decisões.

    O presidente russo frisou o fortalecimento ativo das forças nucleares estratégicas e de unidades militares de defesa espacial, além do aumento do potencial de combate de praticamente todos os tipos de tropas do país.

    Ele destacou ainda que, seguindo o programa nacional de rearmamento, os arsenais militares russos estão sendo reforçados com os mais recentes modelos de armamentos, incluindo aviões, submarinos, navios, armas de precisão, robôs de guerra e veículos não tripulados, muitos dos quais foram apresentados da feira internacional de armamentos Army 2015.

    Mais:

    Comandante das Forças Armadas russa garante potencial das armas nucleares do país
    Forças Armadas russas põem em funcionamento radares capazes de adquirir alvos hipersônicos
    Visitantes da exposição Army 2015 poderão pilotar submarinos e caças em 3D
    Tags:
    poderio militar, rearmamento, ameaça militar, Forças Armadas da Rússia, Vladimir Putin, Rússia
    Padrões da comunidadeDiscussão
    Comentar na SputnikComentar no Facebook
    • Comentar