23:13 22 Agosto 2019
Ouvir Rádio
    Soldado britânico em exercícios militares da OTAN no leste da Europa em 21 de abril de 2015

    O Reino Unido está decidido a aumentar sua presença militar no leste europeu

    © REUTERS / Radu Sigheti
    Mundo
    URL curta
    0 224

    O Reino Unido irá aumentar seu contingente militar no leste da Europa reforçando, assim, as forças da OTAN, disse o ministro da Defesa britânico Michael Fallon em pronunciamento à mídia local.

    "Temos de continuar a fortalecer a OTAN", disse o ministro em entrevista à BBC.

    Fallon ressaltou que "é crucial fazer chegar a Vladimir Putin que o Reino Unido continua a ser um defensor da segurança coletiva".

    De acordo com o britânico, no próximo ano o Reino Unido enviará 1.000 soldados para a Europa Oriental, enquanto que em 2017 planeja enviar outros 3.000. Ele também observou que quatro caças Typhoon em patrulha nos países bálticos permanecerão na região por mais um ano.

    Ainda, revelou que de início se criará uma unidade de reação rápida que pode ser enviada a um "hot spot" em apenas dois dias.

    O jornal Sunday Telegraph informou, por sua vez, que as autoridades britânicas, no âmbito da reestruturação da estratégia militar nacional propõem designar mais de 3.000 milhões de dólares para substituir a aeronave de vigilância Nimrod.

    A Rússia tem repetidamente manifestado sua preocupação com o reforço da presença militar da OTAN perto de suas fronteiras.

    Enquanto isso, o ocidente vem realizando várias ondas de ampliação da OTAN, deslocando até o leste europeu a infra-estrutura militar da Aliança e lançando seu projeto do escudo antimísseis.

    Mais:

    Reino Unido manterá referendo sobre saída da União Europeia
    Caças do Reino Unido interceptam dois aviões militares russos
    Inteligência do Reino Unido pode evitar responsabilidade por vigilância em massa
    Pesquisa aponta empate entre governistas e oposicionistas no Reino Unido
    Cidadãos do Reino Unido querem sair da União Europeia
    Tags:
    Europa Oriental, OTAN, Reino Unido, reforço, Exército, contingente militar, OTAN, Michael Fallon, Reino Unido, Europa Oriental
    Padrões da comunidadeDiscussão
    Comentar no FacebookComentar na Sputnik
    • Comentar