01:21 25 Julho 2021
Ouvir Rádio
    Mundo
    URL curta
    0 213
    Nos siga no

    Os Estados Unidos ainda não tomaram a decisão de posicionar armas pesadas na Europa e nem o farão antes da próxima reunião de ministros da Defesa dos países integrantes da OTAN, prevista para 24 de junho. A informação vem do embaixador americano na Aliança, Douglas Lute.

    "A decisão não foi tomada e não posso dizer se se conseguirá tomar na reunião de ministros da Defesa da próxima semana. Não o faremos sem uma coordenação prévia com ossos aliados. Não vamos exigir que ninguém aceite nossos equipamentos militares", disse Lute nesta sexta-feira durante uma entrevista telefônica.

    O especialista militar assegurou que o objetivo é facilitar os procedimentos necessários para levar a cabo manobras no leste europeu baseadas na rotação de tropas.

    "É mais simples posicionar soldados americanos e as armas já presentes do que cada vez ter que enviar novos equipamentos militares. O objetivo é simplificar o procedimento de realização das manobras", afirmou.

    Para Lute, as medidas estudadas pelos Estados Unidos não devem quebrar os acordos internacionais existentes.

    No último fim de semana, o jornal The New York Times, citando funcionários do governo americano, informou que o Pentágono estuda a possibilidade de posicionar armas pesadas no leste europeu em resposta a "uma possível agressão russa" na região.

    A publicação indicava que os EUA podem posicionar tanques, máquinas de combate de infantaria e outros tipos de armas pesadas em bases de seus aliados europeus na OTAN. Autoridades de Estônia, Letônia e Lituânia já se manifestaram a favor dos planos americanos.

    Mais:

    EUA podem instalar armas pesadas na Alemanha enquanto alemães se desiludem com OTAN
    Kremlin: Rússia está preocupada com tentativas da OTAN de mudar correlação de forças
    OTAN reprova decisão russa de fortalecer sua capacidade nuclear
    Não é preciso instalar armas da OTAN porque não há ameaça russa, diz político polonês
    Vice-ministro da Defesa da Rússia: OTAN está empurrando Moscou para corrida armamentista
    Tags:
    armas pesadas, armamentos pesados, armamentos, OTAN, Rússia, EUA, Leste Europeu
    Padrões da comunidadeDiscussão
    Comentar na SputnikComentar no Facebook
    • Comentar