01:54 22 Setembro 2020
Ouvir Rádio
    Mundo
    URL curta
    0 333
    Nos siga no

    O presidente russo, Vladimir Putin, mostrou-se satisfeito após os encontros com o primeiro-ministro da Itália, Matteo Renzi, em Milão, e com o Papa Francisco, no Vaticano.

    "Trabalhamos bem com o chefe de governo e tivemos um bom encontro com o pontífice", disse Putin ao reunir-se com o presidente da Itália, Sergio Mattarella, em Roma.

    Por sua parte, o porta-voz do Vaticano, Federico Lombardi, comunicou que na reunião pessoal de 50 minutos, o papa pediu ao líder russo mais esforços para que se restabeleça a paz na Ucrânia.

    Os interlocutores concordaram com "a importância de reconstruir um ambiente de diálogo e de que todas as partes (do conflito ucraniano) se comprometam a colocar em prática os Acordos de Minsk", detalhou Lombardo, citado pelo jornal italiano Corriere della Sera.

    Putin viajou à Itália acompanhado pelo ministro de Relações Exteriores, Sergei Lavrov, o assessor para assuntos internacionais, Yuri Ushakov, e seu porta-voz, Dmitry Peskov. O presidente russo também participou da abertura da EXPO 2015, no Dia da Rússia, em Milão.

    Mais:

    Putin culpa OTAN pelo desaparecimento da Líbia como Estado
    Putin: “O G7 não é uma organização”
    Em visita à Itália, Putin desmente "isolamento"
    Tags:
    encontro, reunião, Papa Francisco, Vladimir Putin, Vaticano, Itália, Rússia
    Padrões da comunidadeDiscussão
    Comentar na SputnikComentar no Facebook
    • Comentar