07:02 15 Julho 2020
Ouvir Rádio
    Mundo
    URL curta
    0 151
    Nos siga no

    O silêncio mantido pelo Reino Unido diante da agressão da extrema direita a uma manifestação de orgulho gay em Kiev é surpreendente, declarou o embaixador russo em Londres, Aleksandr Yakovenko.

    "Estou surpreso que o Reino Unido, que tanto se preocupa com os direitos dos homossexuais na Rússia, faça silêncio a respeito da agressão da extrema direita contra a marcha do orgulho LGBT em Kiev", escreveu em sua conta no Twitter.


    Dezenas de radicais encapuzados tentaram, no último sábado, interromper a celebração do desfile do orgulho gay na capital ucraniana. Os extremistas atacaram os participantes na marcha, que tinha proteção policial.

    O confronto, que envolveu os policiais, terminou com 11 oficiais feridos e dezenas de presos. Um representante da Cruz Vermelha também relatou que houve pelo menos dez feridos entre os agressores e quatro lesionados entre os ativistas LGBT.

     

    Mais:

    Vaticano se recusa a aceitar embaixador francês gay
    Suécia usa propaganda gay para se defender de submarinos russos
    Setor de Direita promete defender a Ucrânia de “invasão LGBT”
    Tags:
    LGBT, feridos, parada, gay, confronto, Kiev, Ucrânia
    Padrões da comunidadeDiscussão
    Comentar na SputnikComentar no Facebook
    • Comentar