17:38 25 Fevereiro 2020
Ouvir Rádio
    Mundo
    URL curta
    Guerra de sanções entre Rússia e Ocidente (177)
    0 262
    Nos siga no

    O presidente da Rússia, Vladimir Putin, é responsável pelas consequências econômicas das sanções impostas contra seu país, declarou o líder americano, Barack Obama.

    "Putin precisa decidir se continuará arruinando a economia de seu país e mantendo seu isolamento em busca de um desejo equivocado de recriar a glória do império soviético, ou reconhecerá que a grandeza da Rússia não depende da violação da integridade territorial e da soberania de outros países", disse Obama ao fim da cúpula do G7 na Alemanha.

    O presidente dos EUA comentou também a vontade russa de defender os direitos dos cidadãos que falam russo na Ucrânia.

    "Os russófonos dentro da Ucrânia são precisamente quem leva a carga da guerra: sua economia está prejudicada, sua vida está desordenada, muitos foram desalojados, suas casas poderiam ter sido destruídas — estão sofrendo", afirmou Obama.

    A Ucrânia e o Ocidente acusam a Rússia de intervir no conflito de Donbass, enquanto Moscou seguidamente declarou que não toma parte do problema interno do país vizinho. O Kremlin, inclusive, declarou estar interessado em ver a Ucrânia superar sua crise política e econômica.

    Tema:
    Guerra de sanções entre Rússia e Ocidente (177)

    Mais:

    Obama: países do G7 estão dispostos a aplicar novas sanções contra Rússia
    Obama: integridade territorial da Ucrânia é necessária para resolver conflito
    Obama e Merkel são unânimes na questão das sanções contra a Rússia
    Merkel cita as três ameaças globais repetindo opinião de Obama
    Tags:
    economia, sanções, G7, Barack Obama, Vladimir Putin, EUA, Rússia
    Padrões da comunidadeDiscussão
    Comentar na SputnikComentar no Facebook
    • Comentar