14:34 22 Novembro 2019
Ouvir Rádio
    Ministro da Energia da Grécia, Panagiotis Lafazanis.

    Contato com Moscou não contradiz a presença da Grécia na UE, diz ministro da Energia grego

    © AP Photo / Yorgos Karahalis
    Mundo
    URL curta
    1201
    Nos siga no

    O avanço nas relações entre Atenas e Moscou não contradiz a presença do país na União Europeia (UE), disse neste sábado o ministro da Energia da Grécia, Panagiotis Lafazanis.

    "O desenvolvimento das relações russo-gregas em todos os domínios, incluindo o trânsito de gás russo através do nosso território, é compatível com a nossa presença na União Europeia", disse Lafazanis em coletiva.

    O ministro ainda falou que Atenas deve quebrar o consenso da UE sobre as medidas contra a Rússia e estabelecer laços mais fortes com Moscou, o que "poderia trazer benefícios financeiros e de energia significativos" para a Grécia.

    Lafazanis disse que a Rússia também poderia tornar-se uma fonte alternativa de financiamento para Atenas.

    "O desenvolvimento das relações [com a Rússia] poderia ajudar a livrar a Grécia de dependências unilaterais e ganhar mais independência quanto às opções de que dispõe, e assim contribuir para a segurança e estabilidade", pontuou o ministro grego.

    Mais:

    Parlamento Europeu: Grécia deve deixar zona do euro se não cumprir obrigações
    Grécia estuda possibilidade de produzir metralhadoras Kalashnikov
    Barroso: recusa da Grécia ao euro seria precedente “mau, mas gerível”
    Tags:
    relações bilaterais, energia, comércio bilateral, União Europeia, Panagiotis Lafazanis, Grécia, Rússia
    Padrões da comunidadeDiscussão
    Comentar no FacebookComentar na Sputnik
    • Comentar