16:37 21 Setembro 2021
Ouvir Rádio
    Mundo
    URL curta
    0 016
    Nos siga no

    Um tribunal do estado de Nova York determinou nesta sexta-feira que Argentina deve pagar mais 5,4 bilhões de dólares aos credores, que não concordaram com os termos de reestruturação da dívida do país, informou a agência Reuters.

    O processo trata da compensação sobre a moratória de 100 bilhões de dólares, anunciada pelo país sul-americano em 2002 aos credores que não aceitaram a reestruturação da dívida, realizada em 2005 e em 2010. Anteriormente, o tribunal havia determinado que Argentina pagasse 1,33 bilhões de dólares a um grupo de hedge funds. 

    O juiz Thomas Griesa determinou que o segundo grupo de investidores possui os mesmos direitos dos fundos e que Argentina deve compensar os seus prejuízos. Segundo a autoridade, esse segundo grupo de investidores detêm mais de 90% da dívida argentina que não foi reestruturada, no valor de 28 bilhões de dólares. 

    Segundo informou o ministério da Economia da Argentina, pouco depois da divulgação da notícia, Buenos Aires apelará da decisão, que considera ilegal e abusiva.

    Tags:
    Argentina, EUA, Thomas Griesa, hedge funds, moratória
    Padrões da comunidadeDiscussão
    Comentar na SputnikComentar no Facebook
    • Comentar