13:21 14 Dezembro 2018
Ouvir Rádio
    Hillary Clinton, ex-secretária de Estado dos EUA e pré-candidata à presidência

    Divulgadas as primeiras páginas dos controversos e-mails de Hillary Clinton

    © AP Photo / Charlie Neibergall
    Mundo
    URL curta
    0 61

    O Departamento de Estado norte-americano publicou hoje em seu website as primeiras páginas dos polêmicos e-mails da atual pré-candidata à presidência Hillary Clinton, referente ao período em que ainda era secretária de Estado.

    O primeiro conjunto de mensagens, retiradas da conta pessoal de Hillary, está relacionado a um ataque sofrido pelo consulado dos EUA em Benghazi, na Líbia, em 2012, que resultou na morte de quatro americanos, incluindo o embaixador Christopher Stevens. Na ocasião, o departamento da então secretária de Estado foi acusado de falta de liderança, e o chefe de segurança da chancelaria decidiu pedir demissão. 

    A divulgação dos documentos pelas autoridades norte-americanas é uma resposta à denúncia feita recentemente de que Hillary teria utilizado indevidamente o seu próprio e-mail para tratar de assuntos oficiais do governo, misturando o público e o privado. Em sua defesa, a agora pré-candidata à presidência pelo Partido Democrata disse que agiu dessa forma por achar mais prático administrar apenas uma conta, mas alegou arrependimento. 

    Segundo o Departamento de Estado, as mais de 50 mil páginas de mensagens da ex-secretária possuem interesse público e, por esse motivo, serão tornadas públicas o mais cedo possível, após as devidas revisões, a fim de acabar com especulações sobre a falta de transparência de Hillary Clinton e segundo a lei da liberdade de informação. 

    Mais:

    Hillary Clinton pede reforma do sistema judiciário
    Romney acusa Hillary Clinton de ter sido subornada pela Rússia
    Prefeito de Londres: Hillary Clinton quer que a Europa se contraponha à Rússia
    Especialista acredita em favoritismo de Hillary Clinton, mas não em mudanças nos EUA
    Adversários criticam Hillary Clinton pelo fracasso internacional
    Tags:
    e-mail, Partido Democrata, Departamento de Estado, Christopher Stevens, Hillary Clinton, Benghazi, Líbia, EUA, Washington
    Padrões da comunidadeDiscussão
    Comentar no FacebookComentar na Sputnik